ARAÇATUBA | 9 DEZEMBRO
| 17:57 | 15° MIN 31°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
Anunciante
SAÚDE PÚBLICA
Vigilância confirma 3 casos de meningite viral em escola particular
Anunciante

A Vigilância Epidemiológica de Araçatuba confirmou, nesta quinta-feira (22), o registro de três casos de meningite viral em uma escola particular na região central da cidade. As informações foram passadas ao Araçatuba e Região pela assessoria de imprensa da Prefeitura.

Com os casos confirmados pelo órgão responsável pelo controle de epidemias e endemias na cidade, chegam a 37 o número de casos de meningite viral registrados em Araçatuba este ano. Em 2017, foram contabilizados 43 pessoas com o mesmo tipo de doença.

O primeiro caso, conforme apurou a reportagem, foi registrado há cerca de 15 dias. A escola teria acionado as vigilâncias Epidemiológica e Sanitária e adotado medidas de prevenção conforme orientações passadas pelos órgãos de saúde.

As orientações dos órgãos de vigilância foi para que evitassem ar-condicionado; além de ampliar a ventilação das salas de aula; reforçar ainda mais a limpeza e higienização dos ambientes frequentados pelos alunos, além de evitar o compartilhamento de lanches e até mesmo bebedouros. 

O caso mais recente de aluno da escola diagnosticado com a meningite veral foi no último feriado prolongado. A criança viajava a passeio para São Paulo com familiares quando começou a reclamar de dor de cabeça. Na capital, por conta da continuidade das queixas, os pais procuraram atendimento médico, confirmando o caso também como meningite viral.

Nesta semana, após o período de folga, a escola teria solicitado nova visita de profissionais das vigilâncias Epidemiológica e Sanitária do município, para novas avaliações e orientações sobre procedimentos a serem adotados.

OUTROS CASOS NA CIDADE

Além dos dois casos registrados na escola particular localizada na região central, a reportagem apurou que há, na Santa Casa de Araçatuba, outras duas crianças hospitalizadas por conta de meningite viral.

Um menino de oito anos foi hospitalizado no último dia 15. Ele está na UTI Neonatal e o diagnóstico de meningite foi confirmado pela Santa Casa. Além da doença, também está em processo de investigação se ele contraiu dengue ou chikungunya. Seu quadro clínico é considerado estável.

Ainda de acordo com informações levantadas pela reportagem, uma menina de 2 anos também está internada na UTI Neonatal da Santa Casa a mesma doença. Ela tem quadro clínico estável.

MENINGITE VIRAL

É a inflamação da meninge, membrana que reveste o cérebro, e, quando não diagnosticada precocemente e não tratada de forma correta, pode ser grave e fatal. Normalmente possui três fatores causadores da doença – vírus, bactérias e fungos –, tendo o tipo viral com casos mais frequentes.

A meningite viral é a menos agressiva dentre todos os tipos de meningite existentes, possui taxa de mortalidade bem menor que as demais e normalmente tem cura espontânea. É mais frequente nos meses quentes e, em média, gera mais de 11 mil casos por ano apenas no Brasil.

Inicialmente, a meningite se manifesta através de febre elevada e forte dor de cabeça. Porém, esses não são os únicos sintomas da doença, já que ela pode se apresentar de formas distintas quando o infectado é adulto ou bebê.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.