ARAÇATUBA | 20 AGOSTO
| 8:15 | 15° MIN 30°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
apopio
Vereadores da oposição ensaiam 'selfie' de apoio à chapa formada por Dilador Borges e Edna Flor
Vereadores da base oposicionista ao governo municipal, e que são entusiastas da candidatura do empresário Dilador Borges (PSDB) à Prefeitura de Araçatuba ensaiam para os próximos dias um manifesto público de apoio à chapa que tende a ser formada pelo tucano e a parlamentar Edna Flor (PPS).

A ideia do grupo é juntar todos numa foto, a chamada selfie, para que isso ganhe a mídia e as redes sociais, dando ainda mais ênfase à dobrada Dilador/Edna Flor. No entanto, alguns pontos ainda precisam ser acertados para que o manifesto não seja feito de forma inconsistente.

VEREADORES - APOIO

Certos na foto, até agora, estão Tieza, que por ser do PSDB tem por obrigação apoiar Dilador; Ermenegildo Nava (Pros); Carlinhos Santana (PDT); Rosaldo de Oliveira (Pros) e a própria Edna Flor (PPS). A grande dúvida da ação que está sendo orquestrada se chama Arlindo Araújo (PPS). Por mais que seja do mesmo partido de Edna, as informações dão conta, até agora, de que ele não estaria muito disposto a declarar apoio escancarado à chapa. Como sua colega de legenda, Edna tenta, com muito afago, fazer com que ele se alinhe ao grupo.

Um grupo que, por sinal, tem a expectativa de reunir na mesma foto outros vereadores que hoje são da base de sustentação do prefeito Cido Sério (PT) na Câmara, mas que estariam em "namorico" com Dilador. Entre eles, Rivael Papinha, que não sabe ainda se sai ou fica no PSB; Cláudio Henrique da Silva (PTN), que hoje é aliado ao governo petista mas que está disposto mais a cuidar do seu futuro que qualquer outra coisa; e Cido Saraiva (PMDB), que por mais que afirme a todos que é candidato a prefeito, não deixa de ser um "sonho de consumo" da tucanada, que, soberbas à parte, sabe que ele tem popularidade e votos, em especial entre os eleitores mais pobres da cidade.

Se os planos derem certo; Dilador cria uma base de apoio quase que "imbatível". No entanto, como "se" não é garantia de nada, a articulação em andamento seria o mesmo que eu afirmar aqui que "se meu pai fosse rico, eu não precisaria ralar como jornalista para sobreviver". É esperar para ver em que tudo isso vai dar.christian louboutin faux sneakers red bottom cheap louboutins red bottom stilettoes imitation
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.