ARAÇATUBA | 21 AGOSTO
| 3:41 | 17° MIN 31°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
EDUCAÇÃO
UniSALESIANO e Secretaria de Educação assinam convênio de capacitação

O UniSALESIANO e a Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria de Educação, firmaram convênio para capacitar 1,8 mil funcionários da área sobre primeiros socorros, especificamente a Ovace (Obstrução de Vias Aéreas por Corpo Estranho).

A assinatura do Termo de Cooperação foi realizada na manhã desta sexta-feira, dia 27, no Teatro Paulo Alcides Jorge, pelo Reitor do UniSALESIANO, Pe. Luigi Favero, e pela Secretária de Educação, Silvana de Sousa e Souza. Após a solenidade, foi realizada a primeira capacitação com aproximadamente 300 estagiários da Educação, divididos nos períodos da manhã e da tarde.

Ao longo do segundo semestre de 2018 serão promovidas as aulas com os professores e funcionários, em suas unidades. A capacitação é de responsabilidade das professoras do curso de Enfermagem do UniSALESIANO, Andreza Bernardi e Giselle Sailer, orientadas pela coordenadora do curso, Profª. Cláudia Cyrillo Pereira.

O Reitor do UniSALESIANO, Pe. Luigi Favero, afirmou que a iniciativa da parceria com a Educação é muito feliz e garante o maior bem, que é a vida. Ele lembrou que o projeto desenvolvido pelo UniSALESIANO se deu após casos de mortes de crianças por engasgamento, como o menino Lucas, de dez anos, que faleceu no final do ano passado, em Campinas, após se engasgar com uma salsicha.

"A família do menino Lucas começou a lutar para que isso não acontecesse com outras crianças, e também adultos. E nós, junto com a Prefeitura de Araçatuba, estamos fazendo nossa parte, porque a vida é o maior bem que temos", frisou Pe. Luigi, ao destacar que os professores e funcionários do Colégio Salesiano "Dom Bologna" já passaram por essa capacitação no começo deste ano.

Já a secretária Silvana agradeceu o UniSALESIANO pela oportunidade de oferecer à rede municipal de ensino uma formação em primeiros socorros. "O conhecimento é sempre importante, principalmente um conhecimento que é capaz de salvar vidas. Para nós, é bastante importante a assinatura desse acordo", salientou.

As professoras das disciplinas de Saúde da Criança e do Recém-Nascido, do curso de Enfermagem, realizaram a capacitação com slides e demonstrações em pessoas e bonecos. Os participantes tiveram acesso ao reconhecimento do engasgamento; tipos de obstrução e de vítimas; manobras de desobstrução, como a Manobra de Heimlich, entre outros assuntos. "Vimos a importância de replicar isso a quem está próximo das crianças. Somente no ano de 2013, por exemplo, mais de 800 crianças com até 14 anos morreram por sufocação, sendo 600, bebês", concluiu Andreza.

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.