ARAÇATUBA | 19 JULHO
| 14:24 | 15° MIN 32°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Tucano 'gabarita' e Câmara arquiva nova CP por 15 a 0
Como já era esperado, a Câmara de Araçatuba arquivou na noite desta segunda-feira (13), o terceiro pedido de CP (Comissão Processante) contra o prefeito Dilador Borges (PSDB). Ironia do destino, o arquivamento se deu em data cujo número tem se tornado um "símbolo de sorte" para seu governo. De três pedidos de investigação já feitos contra o tucano, a Câmara, pela segunda vez, rejeitou mais um em plena segunda-feira 13, dezena que representa o PT nas urnas.

Queira ou não, Dilador, que antes de assumir falou demais e disse que não faria nada igual ao Partido dos Trabalhadores, pode considerar o 13 como seu número de sorte. A primeira CP enterrada pela Câmara, em 13 de fevereiro, pedia investigação pela contratação da ex-secretária de Cultura, Marly Garcia (PV), demitida do cargo um dia depois, deixando os vereadores que tanto defenderam o governo com cara de paspalhos.

O arquivamento se deu com base em parecer um tanto quanto questionável do Jurídico da Câmara, que enfatizou em sua análise que o prefeito não teve responsabilidade direta na atuação do diretor do Departamento de Trânsito, Paulo Roberto da Silva, o Paulo Café, demitido na última sexta-feira (10) após vazar esquema de fiscalização da Guarda Municipal e Polícia Militar sobre fiscalizações de vans escolares no município.

Apesar de esperado o arquivamento, o argumento de que Dilador não tem responsabilidade pelos atos de seus subordinados é uma afronta à inteligência popular, tendo em vista que qualquer apaniguado só assume cargo na Prefeitura após a assinatura do prefeito. Ainda assim, é compreensível o posicionamento jurídico, que sempre é pressionado pela presidência da Mesa a não complicar para os lados do investigado.

Desta vez, também chamou atenção a esperteza do presidente Rivael Papinha (PPS), que, diferente de outras duas ocasiões, não submeteu o pedido de comissão processante a avaliação do plenário. O resultado foi 15 a 0 pelo arquivamento. Placar também previsível, apesar de vereadores da base de sustentação de Dilador na Câmara terem dito, ao Política e Mais, que até o meio do ano questionamentos do tipo podem ter votações mais contrárias ao tucano. Ou seja, tem aliado prevendo que vem chumbo grosso por aí.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.