ARAÇATUBA | 20 AGOSTO
| 3:26 | 15° MIN 30°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Troca de governo 'ameaça' pelo menos 50 funcionários da Samar
Que a Samar (Soluções Ambientais de Araçatuba) é uma empresa primada todo mundo sabe. No entanto, como detentora de uma concessão pública, não passará em branco na troca de governo em Araçatuba. A saída do PT da administração municipal deverá mexer no quadro de funcionários da empresa.

O Política e Mais apurou que a Samar, empresa que um dia foi do grupo OAS e que hoje pertence à GS Inima, da Coreia do Sul, deve passar por uma substancial troca de funcionários para atender à futura administração. Em miúdos, os responsáveis pela empresa serão chamado à Prefeitura, assim que o novo governo assumir, para uma conversa sobre a questão.

E já até existe um prognóstico da mudança. Pessoas próximas ao prefeito eleito Dilador Borges (PSDB) e à vice Edna Flor (PPS), estimam que entre os funcionários da Samar, pelo menos 50 tenham sido nomeados por indicações de petistas, uma vez que a concessão foi colocada em prática em 2012, final do primeiro mandato do atual chefe do Executivo, Cido Sério (PT).

Por mais que se trate de uma empresa privada, a Samar tem um contrato público a cumprir. E em se tratando de troca de governo na cidade, a empresa terá que atender a algumas demandas dos novos gestores. Como ocorre em qualquer canto do país quando há concessões em questão.

Sendo assim, funcionários da Samar que foram empregados na empresa graças às vontades do PT, devem botar as barbas de molho.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.