ARAÇATUBA | 12 DEZEMBRO
| 11:48 | 22° MIN 34°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E MAIS
Anunciante
ESTÁ VOLTANDO
Tieza deixa a Cultura em 2 de dezembro; assessor vai assumir pasta
Anunciante

A vereadora licenciada Tieza Marques de Oliveira (PSDB) está com os dias contados para deixar o posto de secretária de Cultura e Turismo de Araçatuba. A assessoria de imprensa da Prefeitura confirmou nesta terça-feira (13) que a tucana permanece no cargo até o dia 2 de dezembro, data em que o município completa 110 anos de fundação.

Tieza voltará a ocupar cadeira na Câmara, no lugar do suplente Márcio Saito (PSDB), que deverá retornar para algum outro cargo comissionado na Prefeitura. Para comandar a pasta de Cultura e Turismo, será designado Luís Cláudio da Sulva Benedito Júnior, atual assessor executivo. Ele ficará no posto de forma interina, por determinação do prefeito Dilador Borges (PSDB).

Tieza deixou de ser vereadora no primeiro semestre de 2017, para assumir o lugar da então secretária de Cultura, Marly Garcia, que deixou o posto após virem a público informações sobre dívidas dela com o município decorrentes de condenação judicial.

O retorno da parlamentar licenciada ao Legislativo, neste momento, pode estar relacionado à eleição para composição da Mesa Diretora do Legislativo para os próximos dois anos. Tieza tem o desejo de tornar-se presidente da Casa e acredita nessa possibilidade com base em um acordo, no início de 2017, que favoreceu a escolha do vereador Rivael Papinha (PSB) para exercer a presidência.

NA TEORIA UMA COISA…

Tieza, em 2017, poderia ter se tornado presidente da Câmara de Araçatuba se, pelas amarrações que antecederam ao pleito e o resultado da votação, ele tivesse escolhido a si própria para o comando da Mesa Diretora. No entanto, como fez um acordo de “camaradas” com Papinha, acabou votando nele com uma promessa verbal de que, neste ano, teria o seu apoio na disputa pelo principal posto na direção da Casa.

Ocorre que, voltando Tieza para a Câmara após 2 de dezembro, é praticamente certo entre vereadores ouvidos pelo Araçatuba e Região que, seu sonho de virar presidente não deve se concretizar mais uma vez.

Isso, porque devido ao atual momento vivenciado por Papinha e seu relacionamento com o Executivo, cujo prefeito é do mesmo partido de Tieza, indica que ele não abrirá mão de concorrer à reeleição apenas para atender a um “capricho” de Dilador.

Além de Papinha, até a nova eleição para a Mesa Diretora, prevista para 10 de dezembro, a tendência é que ocorra uma pulverização de candidatos. Além do atual presidente e de Tieza, também estão na disputa, até o momento, o médico Flávio Salatino (MDB); Antônio Edvaldo Dunga Costa (DEM) e Jaime José da Silva (PTB), que hoje atua como líder de Dilador na Casa.

A candidatura de Jaime é uma sinalização de que ele pode ter o apoio do prefeito. Principalmente, pelo fato de seus colegas de Legislativo entenderem que ele não sairia pedindo votos para presidente sem ter o aval de Dilador para deixar a função de líder de governo caso seja escolhido para presidir a Câmara.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.