ARAÇATUBA | 18 JUNHO
| 10:34 | 16° MIN 28°MAX |
Pancadas de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
GERAL
TCE-SP condena Cido Sério por contrato de 142 temporários
O TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (20) sentença da Corte julgando ilegal contratação de 142 servidores, em caráter temporário, efetuada pelo ex-prefeito de Araçatuba, Cido Sério (PT), no ano de 2010.

O processo, em trâmite no Tribunal desde então, foi auditado por Silvia Cristina Monteiro Moraes e teve como relator o conselheiro Cláudio Ferraz de Alvarenga. O julgamento se referente a um montante de trabalhadores que já não está mais em atividade no governo municipal. Nem mesmo Cido Sério é mais o prefeito da cidade. Ainda assim, ele pode responder judicialmente pelas contratações.

De acordo com o processo apreciado pelo TCE-SP, na ocasião, o ex-prefeito autorizou a contratação por tempo determinado de 28 agentes comunitários de saúde; 11 atendentes; 24 auxiliares de enfermagem; 18 motoristas, 15 professores de ensino infantil e outros 46 de ensino fundamental.

Com o julgamento pela ilegalidade das contratações, o TCE-SP pode encaminhar o caso para o Ministério Público, que decidirá se oferece ou não denúncia contra Cido Sério, se considerar que ele cometei infração administrativa.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.