ARAÇATUBA | 22 JUNHO
| 2:22 | 16° MIN 29°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
CIDADES
Secretária 'coxinha', Tieza seguirá no cargo mesmo após vazamento de ofensas a pobres contrários ao reajuste do IPTU
O papinho político e pejorativo vazou do grupo "fechado" da secretaria de Cultura no WhatsApp. As declarações se espalharam pela cidade via redes sociais. O "buzuzu" deve ter dado dor de barriga em quem se envolveu no caso. E a Prefeitura só se explicou a quem quis. Mas o que importa mesmo é que a vereadora licenciada Maria Teresa Assis Lemos Marques de Oliveira, vulgo Tieza (PSDB), continua firme e forte no comando da pasta para a qual foi designada no início deste ano, pelo governo DILAFLOR - formado pelo cimenteiro Dilador Borges (PSDB) e a defensora dos direitos humanos, da ética, da legalidade e da moralidade, Edna Flor (PPS) - após a queda de Marly Garcia do posto.

Se a administração municipal levasse em conta as manifestações populares que tomaram as redes sociais nesta quarta-feira (22), Tieza poderia, hoje, não comandar mais a Secretaria de Cultura. No entanto, a gestão DILAFLOR não viu problema algum no diálogo entre ela e funcionários da pasta onde debocham de pobres que foram à Câmara, na sessão do último dia 06, repudiar o aumento do IPTU.

O mesmo governo, este aí que cuspiu boca afora durante a campanha eleitoral de 2016 que "Araçatuba Merece Respeito", também não viu problema algum no fato de a secretária Tieza dizer que os populares manifestaram na Câmara em troca de pão com mortadela. Também não viu ofensa no diálogo entre a transbordante Tieza e sua assessoria de planejamento e elaboração de projetos, Iria Anhê, desdenharem da "falta de ideias" das pessoas que não queriam ver o tributo municipal reajustado.

Conforme justificativa dada pela assessoria de imprensa da Prefeitura a jornal que pertence a uma irmã de Tieza, o diálogo, em miúdos, não resultará em nada. Para a Prefeitura, a conversa entre os funcionários, diga-se de passagem apaniguados políticos do governo DILAFLOR, se deu de forma privada e que manifestaram seus pensamentos por meio de telefones particulares e sem conotação com as funções que exercem na administração municipal.

Tieza segue forte feito rocha no governo. Assim como seus subalternos. Até porque, conforme disse a própria secretária ao jornal familiar, "pão com mortadela não é ofensa a ninguém, assim como coxinha, que se fala no País inteiro". E que o PT é especialista em arruaça.

Garantida no cargo e sem travas na língua, ela ainda se deu ao luxo de dizer que, entre os manifestantes ofendidos, havia três ou quatro pessoas que apoiaram a candidatura da dupla DILAFLOR e que ficaram insatisfeitas por não terem conseguido cargos na atual gestão.

Esse é o nosso Brasil. Essa é nossa Araçatuba.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.