ARAÇATUBA | 19 JANEIRO
| 18:43 | 21° MIN 34°MAX |
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
ECONOMIA E AGRONEGÓCIO
Anunciante
MERCADO DE TRABALHO
Região eliminou 1.055 empregos com carteira assinada em novembro
Anunciante

A região administrativa de Araçatuba demitiu mais do que contratou no mês de novembro, quando 1.055 pessoas perderam o emprego com carteira assinada. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados nesta quinta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O município que registrou o maior número de cortes foi Castilho, com 617 demitidos. A maioria dos trabalhadores desligados é da Usina Virálcool, em função da entressafra da cana-de-açúcar.

Em segundo lugar no ranking do desemprego na região está Penápolis (145 cortes); Araçatuba (123) e Birigui (109).

Das 14 cidades pesquisadas, apenas quatro tiveram mais contratações do que demissões. São elas Andradina, que gerou 26 empregos com carteira assinada; Avanhandava (44); Ilha Solteira (23) e Valparaíso (36).

NO ANO

Apesar do resultado negativo da empregabilidade em novembro, no ano, o saldo de empregos na região é de 3.528 empregos. O levantamento é feito em 14 cidades da região que possuem mais de 10 mil habitantes.

Birigui lidera o ranking, com 1.339 postos de trabalho com carteira assinada, no período de janeiro a novembro. Em seguida, vem Andradina, com 940 vagas geradas no ano.

Valparaíso está em terceiro, com 338 empregos. Na sequência, estão Penápolis (293); Guararapes (253); Araçatuba (233); Ilha Solteira (184); Buritama (82); Auriflama (79); General Salgado e Castilho (-9); Pereira Barreto (-12); Mirandópolis (-74) e Avanhandava (-93).


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.