ARAÇATUBA | 19 JUNHO
| 16:59 | 13° MIN 26°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
PT local chega ao 'limite da falta do que fazer' ao espernear por nome de Temer em placa de UBS
Até parece piada, mas com o País em ruínas, com a cidade cheia de lojas e empresas fechando suas portas, tem político mais preocupado com oba-oba do que com a realidade do povo. Num "mimimi" sem tamanho, petistas locais, publica a Folha da Região deste domingo (24), estão indignados com o fato de a placa de inauguração da UBS do bairro dona Amélia carregar o nome do presidente interino Michel Temer (PMDB).

Com todo respeito, esse esperneio é coisa de quem não tem muito o que fazer na vida. O país, com o perdão do palavrão, está "defecando" e andando para quem está no seu comando e os petistas de Araçatuba esbravejam pelo fato de a maldita placa não carregar o nome da presidente afastada Dilma Rousseff (PT).

PLACA DA DISCÓRDIA

Antes de esbravejar, até porque placa com nome de política é o que menos interessa em qualquer tipo de serviço público, o PT local deveria se perguntar se o serviço que começou a ser prestado no local - diga-se de passagem, com mais de ano de atraso - é de qualidade.

O sindicalista Fernando Zar, presidente e coordenador regional do Partido dos Trabalhadores, age como se estivesse participando dessas peladas de criança. Ao exigir o nome de Dilma na bendita placa, ele acaba com a brincadeira tirando a bola de jogo. Bem ao estilo: a pelota é minha, se eu não for o melhor do time não tem futebol.

Um tipo de picuinha desnecessário pelo período que vivemos. O que mostra a carta de repúdio soltada pelo PT local, é que o partido não se conforma com a decadência que se encontra devido aos atos espúrios em que sua cúpula está metida e que só escancara o prejuízo causado a toda população.

De acordo com o que publica a Folha da Região, o PT entende que o nome de Temer na placa é uma forma midiática de "massagear o ego do peemedebista com uma obra orçada, pregoada, construída e destinada a Araçatuba enquanto a petista Dilma Rousseff estava à frente da Presidência da República". Mais que isso, o partido insiste no afastamento "golpista" da petista e que, "nas letras frias da lei" e no "campo da legalidade" Temer não poderia ter seu nome na bendita placa.

É um discurso muito frágil para um assunto tão irrelevante. Pois se o problema é a placa, que ela seja arrancada da UBS que acaba de ser inaugurada. E que ao se completar um mês de serviços, que uma avaliação seja feita no local, para mostra se a população está sendo atendida a contento, se tem médico, remédio, enfim, se tem tudo aquilo que foi prometido nas eleições de 2012 e que estão sendo entregues só agora, na boca de um outro pleito. Se tudo que foi "orçado, pregoado, construído e destinado" ao município por Dilma está agradando ao povo que tanto precisa.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.