ARAÇATUBA | 22 OUTUBRO
| 22:45 | 18° MIN 30°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E MAIS
Anunciante
AGORA PODE?
Propaganda de Edna Flor já é vista no interior de prédios públicos
Anunciante

Nada melhor que uma pessoa deixar a condição de “pedra” e virar “vidraça” para que possamos conhecer um pouco mais das suas personalidades, condutas e até mesmo caráter. Isso é ainda mais aflorado entre aquelas que exercem atividade pública, especialmente se for na política.

Hoje no Poder, exercendo o cargo de vice-prefeita, a candidata a deputada Edna Flor, em eleições passadas, quando seus “opositores” comandavam a Prefeitura de Araçatuba e ela ocupava cargo de vereadora na Câmara, era comum usar os microfones da Casa de Leis para criticar candidatos cujos aliados políticos mantinham funções na administração municipal e se portavam como cabos eleitorais, tendo, por exemplo, seus carros adesivados com nomes e números de concorrentes a cargos no Legislativo ou Executivo.

Eis que o tempo passa – a galope, diga-se de passagem – e Edna Flor tem postura idêntica à daqueles que criticou ferozmente um dia. Prova disso é o veículo que foi fotografado no estacionamento interno da Secretaria de Saúde, com um adesivo de campanha da vice-prefeita, que sonha em virar deputada, colado no vidro traseiro.

A medida não é ilegal. Seria se o mesmo adesivo estivesse colado em algum veículo pertencente ao município. O que não é o caso. No entanto, conflita com pelo menos dois dos três “mantras sagrados” que Edna Flor sempre defendeu em sua carreira política.

O carro com o adesivo de Edna Flor no interior de uma repartição pública não condiz com a ética nem com a moralidade que a candidata sempre defendeu nos atos da pessoa pública. Só não fere a legalidade, por ela também tão pregada em seus discursos.

É o típico caso do “faça o que eu falo mas não faça o que eu faço”. Tendo em vista que a prática foi tão criticada tempos atrás pela hoje vice e candidata a parlamentar nas eleições deste ano. Se não gostava de ver seus adversários usando aliados políticos como cabos eleitorais, Edna Flor deveria ser exemplo no pleito que disputa em fez de exercer o ditado “se não pode com eles, junte-se a eles”.

Muito provavelmente, Edna Flor dirá a seus aliados – uma vez que não respondeu a questionamento do Araçatuba e Região enviado à Prefeitura, uma vez que antes de ser candidata é vice-prefeita de Araçatuba e tem a obrigação de prestar esclarecimentos quando questionada – que não tinha conhecimento de que alguém na Secretaria de Saúde colou no carro adesivo seu.

Uma saída pela tangente de quem, na condição de vidraça, se esqueceu que até outro dia era “pedra” e que hoje não se importa muito com a imoralidade ou falta de ética.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.