ARAÇATUBA | 17 DEZEMBRO
| 17:16 | 23° MIN 35°MAX |
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
Anunciante
VISITA IMPERIAL
Princesa japonesa quebra o protocolo e cumprimenta imigrantes idosos
Anunciante

Pela primeira vez em seus 110 anos, Araçatuba recebeu, nesta segunda-feira (23), a visita de um membro da família imperial japonesa. A princesa Mako de Akishino passou pela cidade, onde almoçou e se encontrou com representantes da colônia japonesa e autoridades. Sua vinda remete às comemorações de um século e uma década da imigração japonesa ao Brasil, que teve início em 1908, ano que coincide com a fundação da Terra dos Araçás.

Aos 26 anos, a princesa encantou o público com sua elegância, pontualidade e discurso de agradecimento aos imigrantes e ao povo brasileiro pela acolhida de seus compatriotas. Mas foi ao quebrar o protocolo, na saída, e cumprimentar as cozinheiras na Associação Cultural Nipo-Brasileira que ela cativou ainda mais o público presente.

Os imigrantes quase centenários que ocupavam as primeiras filas de cadeiras do espaço onde a alteza real fora recebida também foram alvo de sua atenção. Um a um recebeu um aperto de mão imperial. Com uma imigrante japonesa de mais de 90 anos, fez questão de conversar pouco antes de se retirar rumo ao aeroporto Dario Guarita, de onde seguiu, em um voo de carreira, para Campinas, e de lá, para São Paulo.

Quem presenciou a cena, garantiu que os imigrantes ficaram extasiados, já que os japoneses cultuam muito a figura do imperador.

Em seu discurso, que teve tradução simultânea, a princesa enalteceu o sofrimento dos imigrantes para chegar ao Brasil e agradeceu o empenho deles. Fez questão de demonstrar gratidão ao povo brasileiro pela acolhida do povo japonês. “Desejo que todos continuem com muita saúde e prosperidade e que a amizade entre Japão e Brasil se fortaleça cada vez mais", disse.

ESTILO

Com um discreto vestido off white, uma flor amarela usada como broche, colar e brincos de pérolas, bolsa de mão e sapatos no tom do vestido, a princesa mostrou-se moderna e clássica ao mesmo tempo. Moderna, porque nem de longe lembrava as japonesas que se vestiam com os tradicionais quimonos. Clássica, pela discrição, modelo e acessórios escolhidos.

Simpática, acenava e sorria para os que a recepcionaram na Associação Nipo-Brasileira. Entre eles, crianças com bandeiras do Brasil e do Japão, que cantaram para ela os hinos dos dois países.

Após os discursos, a princesa conversou com autoridades locais, como o prefeito Dilador Borges (PSDB), o presidente da Federação das Associações Culturais Nipo-Brasileiras da Noroeste, Shinichi Yassunaga, e o presidente da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Araçatuba, Kazoshi Shiraishi, em uma reunião a portas fechadas, e depois almoçou. A princesa veio acompanhada de uma comitiva do Consulado japonês e da imprensa de seu país.

CASA IMPERIAL

Mako de Akishino é filha mais velha do príncipe Fumihito (o segundo na linha de sucessão; o príncipe herdeiro é seu irmão Naruhito) e da princesa Kiko Akishino. Ela é também a neta mais velha do imperador Akihito e da imperatriz Michiko.

FORMAÇÃO

Formada em Herança Artística e Cultural pela Universidade Internacional Cristã de Tóquio, Mako passou uma temporada na Inglaterra, onde viveu em uma residência de estudantes e foi uma aluna comum, pois não queria ser reconhecida como um membro da Casa Imperial Japonesa. Na Universidade de Leicester, fez mestrado em Museologia.

Além desta, já tinha frequentado outras duas universidades estrangeiras, em Dublin, na Irlanda, e em Edimburgo, na Escócia.

PLEBEU

Em setembro do ano passado, a princesa anunciou o noivado com o plebeu Kei Komuro, que conheceu na universidade.  O casamento estava marcado para novembro deste ano, mas foi adiado por dois anos. Ao optar pela união, Mako teria de abrir mão da realeza.

AGENDA

Mako embarcou para o Brasil no último dia 17. Após passar pelo Rio e São Paulo, visitou o interior paulista, onde esteve em Marília, Promissão e, nesta segunda, em Araçatuba. Ainda deverá passar pelos Estados do Paraná, Pará e Amazonas.

Os pais de Mako estiveram no Brasil em 2015, quando participaram das comemorações dos 120 anos do Tratado de Amizade entre o Brasil e o Japão.

 

 

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.