ARAÇATUBA | 20 JUNHO
| 6:38 | 14° MIN 27°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Prefeitura atrasa repasse e afeta salários de funcionários do Caps AD

Os 15 funcionários do Caps AD (Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas) de Araçatuba ainda não receberam os salários este mês. O atraso é de nove dias. É a primeira vez que isso acontece desde 2009. O motivo é a falta de repasse de recursos da Prefeitura à Associação de Senhoras Cristãs Benedita Fernandes, que administra a Raps (Rede de Atendimento Psicossocial) na cidade. O município está sem realizar o repasse mensal de R$ 35 mil à entidade desde janeiro desde ano, acumulando uma dívida de R$ 140 mil.

A Rede de Atendimento Psicossocial recebe recursos do governo federal, via Ministério da Saúde, e do município. Cada um repassa (ou deveria repassar) R$ 35 mil, aproximadamente.  Sem os recursos da Prefeitura, a  Associação de Senhoras Cristãs Benedita Fernandes vinha realizando esforços para manter os pagamentos em dia, mas neste mês, não conseguiu. Os funcionários deveriam ter recebido os salários no dia sete de maio.

O Caps AD atende adultos com problemas com drogas lícitas, como álcool, e ilícitas, como cocaína e crack. O local possui uma equipe multidisciplinar composta de psicólogos, médicos psiquiatras, assistente social, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e auxiliares administrativos, que estão com os salários atrasados. 
O Centro de Atenção Psicossocial atende perto de 300 dependentes químicos por ano. Lá, é desenvolvido um trabalho para que o dependente volte ao mercado de trabalho e possa se reintegrar ao ambiente familiar e à sociedade.

Já os funcionários das outras duas unidades que compõem a Rede de Atenção Psicossocial do município estão com o pagamento em dia, segundo informações de colaboradores.  

Além do Caps AD, a Associação de Senhoras Cristãs Benedita Fernandes é responsável pelo gerenciamento do Caps Infantil, que atende crianças e adolescentes menores de 18 anos. Esta unidade possui 15 funcionários e completará cinco anos de funcionamento nesta quinta-feira (17).

A entidade administra ainda o Caps Adulto, que atende pessoas com transtornos mentais e é responsável pelas duas residências terapêuticas onde moram os ex-pacientes do antigo Hospital Psiquiátrico Benedita Fernandes, desativado em 2015. O Caps Adulto possui 70 funcionários.

OUTRO LADO

A reportagem do Araçatuba e Região entrou em contato com a assessoria de imprensa do município, questionando o porquê do atraso nos repasses e quando a situação seria normalizada. A prefeitura respondeu que repasse está regularizado e as pendências estão sendo quitadas pelas prestadora de serviço.

Conforme funcionários do Caps AD – Álcool e Drogas, no entanto, o pagamento deverá ser regularizado nesta quinta-feira (17), pois a Prefeitura teria providenciado os repasses em atraso nesta tarde, logo após os questionamentos da reportagem.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.