ARAÇATUBA | 17 NOVEMBRO
| 21:28 | 21° MIN 32°MAX |
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍCIA E JUSTIÇA
Anunciante
CRIMINALIDADE
Polícia ouvirá mulher de homem que atropelou comerciante em Buritama
Anunciante

A Polícia Civil de Buritama deve ouvir nesta sexta-feira (31) a esposa de Isac Alexandre Gaspar Pinto, 43, que atropelou de propósito a comerciante Eliane Negrelli, 44, com uma caminhonete, após uma discussão. O crime aconteceu na noite de sábado (25), em Buritama. 

A mulher de Isac estava no veículo com ele no momento do crime. Segundo informações da polícia, o advogado dela entrou em contato e deve apresentar a sua cliente nesta sexta para depor sobre o caso. Ela não foi indiciada pela polícia, mas pode ajudar a esclarecer o que aconteceu naquela noite.
Após atropelar a comerciante, Isac fugiu. A Justiça decretou a prisão temporária (por 30 dias, sendo prorrogada por mais 30) do acusado, mas ele está foragido. Ele vai responder por tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe, cuja pena varia de 4 a 20 anos de prisão. 

A vítima está internada na Santa Casa de Araçatuba, onde passou por cirurgias no quadril e nas pernas. Não há previsão de alta médica, mas seu quadro clínico é considerado estável, segundo a assessoria de imprensa do hospital.

ENTENDA O CASO

Isac estava sentado com outras pessoas no bar onde o crime aconteceu, quando sua esposa começou a brigar com uma mulher que estava na mesma mesa que o casal. Ele apartou a briga e acabou discutindo com a sua companheira.

O casal saiu do bar, mas minutos depois, Isac tentou retornar para o interior do estacionamento e não conseguiu, pois os donos haviam trancado as portas. Isac deixou o lugar, mas retornou em uma caminhonete, que segundo a Polícia Civil, havia sido emprestada de um amigo para fazer uma mudança.

O acusado manobrou o veículo rumo ao bar, pediu a um rapaz que retirasse uma bicicleta estacionada perto da calçada e, em seguida, avançou com o veículo, quebrando a porta de vidro do bar.

As pessoas que estavam no local saíram correndo. Isac deu marcha ré e voltou a avançar, desta vez, sobre Eliane Negrelli, que saiu correndo do interior do bar. A mulher foi atingida em cheio e prensada sobre a parede. Após o crime, Isac fugiu com a caminhonete.
 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.