ARAÇATUBA | 12 DEZEMBRO
| 8:49 | 22° MIN 34°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Polêmico 'Diga Dila, Fala Flor' começa com assunto manjado e sem devida identificação de 'eleitor'
Anunciante
Tucanos e simpatizantes de Araçatuba vão se incomodar de novo, mas o Política e Mais, que trouxe a questão à tona, vai voltar a falar sobre o polêmico "Diga Dila, Fala Flor", da campanha que tem o empresário Dilador Borges (PSDB) e a vereadora Edna Flor (PPS) como candidatos a prefeito e vice, respectivamente, nas eleições deste ano.

O Política e Mais foi massacrado quando disse que a dupla mentia ao afirmar, em propaganda exposta no Facebook, que responderia a tudo que fosse perguntado por meio de um aplicativo de internet. Pois bem. Na noite desta quarta-feira (06), foi disponibilizada a primeira resposta da dupla. UMA, apenas, e sobre um assunto batido, clichê na política de Araçatuba e alvo de promessa de todos os candidatos que por aqui já passaram: a falta de infraestrutura nos parques industriais da cidade.

DIGA DILA - RESPOSTA 1 A

Quando o Política e Mais usou o termo mentira, fez questão de ressaltar a impossibilidade de se responder a tudo que é perguntado a um político. Assim o blog continua e continuará pensando. E agora vai tentar mostrar algumas evidências da simples observação que fez.

Primeiro, é importante relembrar que um membro do "núcleo duro" da campanha de Dilador e Edna, por telefone, fez questão de garantir ao Política e Mais que a ferramenta teria toda uma seriedade, com checagem especial sobre a autenticidade dos perguntadores, assim e assado.

Pois bem, começaram errando já na identificação de quem fez a primeira pergunta. Um tal de Cláudio, do Jardim Marisa. Essa pessoa não tem nome completo, não tem profissão, não pode ser identificada como se deve pelos demais eleitores?

O Cláudio do Jardim Marisa, que perguntou sobre os parques industriais - coincidentemente, Dilador tem uma série de publicações em suas redes sociais de reuniões feitas com empresários que atuam nestes locais para tratar de melhorias caso seja eleito - pode ser o mesmo Zé, do Mão Divina; ou então o Jão - sim, Jão, mesmo - do Hilda Mandarino.

Informalidade demais gera falta de credibilidade. É o que o blog pensa. Ponto. Do mais, a primeira gravação mostra uma tentativa de edição manjada na tevê brasileira. Quiseram fazer uma espécie de Pânico na TV, com a pinçagem de imagens no vídeo e inclusão de sonzinhos engraçadinhos. Enfim, um mais do mesmo.

Também chamou atenção, na gravação de 1 minuto e 42 segundos, Edna Flor pedindo para beber água antes de começar a gravar e demonstrando uma disposição insana de gravar até duas da madrugada, até o dia amanhecer - pelo publicado, ficou NUMA SÓ, mesmo. Dilador tenta fazer uma brincadeira pedindo para servirem um docinho à colega de campanha. E por aí foi o "Diga Dila, Fala Flor".

Um único vídeo postado até aqui, para quem promete responder a tudo que for perguntado. Será uma resposta por dia? Se for nessa toada, alguém acredita que será verdade mesmo que Dilador e Edna responderão, até as eleições, a tudo que lhes for perguntado. Temos até o pleito, pouco menos de quatro meses. Se continuarem assim, de um videozinho a cada 24 horas, conseguirão responder a pouco mais de 100 pessoas num universo de mais de 140 mil eleitores que terão condições de votar este ano.

Depois, vão falar que o Política e Mais é chato. Que o Sergio Guzzi é metido a entendido. Que é isso e aquilo. Vão até vir com o papinho de sempre, de que as partes podem avaliar eventual interpelação judicial caso sintam-se ofendidas pelo blog. Fiquem à vontade. Até aqui, isso é o que pensamos e vemos. Simples assim.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.