ARAÇATUBA | 19 AGOSTO
| 0:27 | 14° MIN 28°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
PHS muda de lado e, agora, Dilador e Edna não precisam mais dizer que têm 12 partidos mais 1

Até ontem de um lado, o PHS de Araçatuba inicia a noite desta quarta-feira (27) de outro. O presidente do partido, Júlio Castilho, que dias atrás posou para foto de mãos dadas com Luís Fernando de Arruda Ramos, pré-candidato a prefeito pelo PTB, resolveu embarcar em outra candidatura: a da dupla Dilador Borges (PSDB) e Edna Flor (PPS).


As conversas entre o grupo de Dilador e a direção local do PHS ganharam forças nos últimos dias até chegar à aliança nesta quarta-feira. As indefinições sobre o grupo de partidos ao lado de Luís Fernando contribuíram para a mudança de lado de Júlio Castilho, que deve sair candidato a vereador.


PHS - COM DILADOR


Dirigentes dos partidos ligados ao tucano, que trabalharam pela composição, afirmam que não houve intervenção da direção estadual para a mudança de lado do PHS. A legenda optou por buscar grupo partidário com chances de eleger representantes para o Legislativo.


Com a amarração ao PHS, Dilador e Edna não precisam mais dizer que a chapa que encabeçam é composta por 12 legendas mais uma, só para não mencionar o número 13, que é o do PT conforme registro perante a Justiça Eleitoral. A aliança liderada do tucano, agora, é formada pelo PSDB, PPS, PV, PDT, PPL, PRB, PRTB, PSD, solidariedade, PEN, PP, PSB, PMB e o PHS.


Até o próximo domingo, quando as legendas alinhadas a Dilador e Edna realizam convenção, no Sindicato dos Bancários, o grupo trabalha para atrair ainda mais partidos. Há uma expectativa de que pelo menos mais três siglas se alinhem à chapa.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.