ARAÇATUBA | 22 JUNHO
| 10:8 | 16° MIN 29°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Araçatuba
Pestistas de Araçatuba têm manifestações 'modestas' após mobilização da PF contra Lula
Um dia após os fatos que marcaram a história política do Brasil e, em especial a do PT, com o fato de a Polícia Federal ter batido à porta de seu principal líder, Luiz Inácio Lula da Silva, e tê-lo levado para prestar depoimentos sobre possíveis benefícios decorrentes de empreiteiras envolvidas no esquema do mensalão, o que se vê nas redes sociais de petistas de Araçatuba é uma manifestação um tanto quanto tímida para uma cidade que há mais de sete anos é governada pelo partido e que tem um prefeito, no caso Cido Sério, que se gaba de ter sido o mais votado na história da cidade.

PETISTAS - TÍMIDOS

Na página oficial de Cido Sério no Facebook, nenhuma manifestação foi publicada em defesa de Lula ou contra as investidas do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. Na página do presidente e coordenador regional, Fernando Zar, apenas três compartilhamentos, sendo um de artigo publicado no blog do secretário municipal de Cultura, Hélio Consolaro.

Francisco Garcia, marido da suplente de vereadora Durvalina Garcia, que não postou nada, e Vânia Grossi, vice-presidente local do partido, foram os que mais se manifestaram sobre em suas redes sociais sobre os acontecimentos recentes com Lula.

Sinais de que o petista anda decadente em Araçatuba e que a paixão pela sigla esvaiu? Ou que o fato de Cido Sério estar no final de seu segundo mandado, sem perspectiva de fazer um sucessor pela legenda, leva a militância local a imaginar que "tanto faz como tanto fez" o que aconteceu com o mais ilustre membro do partido nesta sexta-feira?high quality copy christian louboutin men shoes Louboutin Replicas high quality copy shoes
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.