ARAÇATUBA | 23 OUTUBRO
| 22:25 | 20° MIN 31°MAX |
Pancadas de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
FAZER O BEM
Parentesco ameaça cargos de secretária da Educação e diretora
Anunciante
Após a queda do secretário de Assuntos Jurídicos, Ermenegildo Nava, nesta sexta-feira (13), o governo municipal pode ter uma nova baixa já na segunda-feira, também por conta de um caso que pode configurar nepotismo na administração municipal.

Trata-se no grau de parentesco entre a secretária de Educação, Silvana de Souza e Souza, e a diretora do Departamento de Proteção Social Básica, Gláucia de Souza Barbosa Calixto, que por muito tempo foi assessora da vice-prefeita Edna Flor (PPS), enquanto ocupante de cargo de vereadora no município.

No final da tarde deste sábado (14), Edna confirmou ao Política e Mais que Silvana e Gláucia são sim parentes e que está analisando decisões jurídicas, após a queda de Nava, para uma decisão que pode vir a ser tomada já na manhã de segunda-feira (16).

O parentesco da secretária e diretora começou a ganhar destaque na rede social Facebook, após o comentário de um perfil intitulado "Araçatuba Muda". A partir da postagem, o caso começou a gerar comentários na internet.

"Ela é tia sim. Ela é tia. Inclusive esse é um dos assuntos que eu estou vendo nesse fim de semana com o Donizeti (Flor), meu irmão. A Silvana é funcionária de carreira, embora não está como diretora, está como secretária. E aí, o nosso entendimento é de que não há nepotismo. Mas a gente vai esperar essa pesquisa nesse fim de semana e se tiver o menor risco ela sai, tranquilamente", disse Edna à reportagem.

Edna deu suas razões para as nomeações, uma vez que são pessoas por ela indicadas. "O que nos deixou muito tranquilo para propor a nomeação, porque foi eu que indiquei a Silvana, são duas coisas. Primeiro, o fato de ela ser funcionária de carreira. Segundo, que temos respaldo jurídico de que não é nepotismo. Mas, após esse episódio do Nava, a gente está tentando ler tudo a respeito para zerar qualquer dúvida. E não tenha dúvida, que no menor ruído, isso será resolvido na segunda-feira, o primeiro dia útil", disse.

VIGILÂNCIA

Edna ainda falou sobre a reportagem sobre a mobilização de advogados de Araçatuba que estão se reunindo para avaliar atos do governo municipal. Num primeiro momento, mais relacionados a nomeações para cargos comissionados.

"É legal que tenha isso e até bom, poderia inclusive ajudar a gente a tirar essa dúvida, o fato de funcionário de carreira também tem essa dúvida", disse. "Não tenha dúvida que se tiver o menor ruído a gente não espera uma hora pra tomar decisão. Com relação a Silvana, a partir do momento que surgiu essa questão do Nava, o Donizete ficou encarregado de fazer as pesquisas além das que o Nava já tinha feito".

A vice-prefeita diz que as nomeações foram feitas com a convicção de que se tratam de casos legais. "A gente fez na convicção. Até porque, na administração passada, a gente tem que passar um pente-fino pra ver essa questão de parentesco. Parece que não houve essa mesma vigilância. Mas é importante que tenha, a gente não é contra. Mas a gente é muito responsável dos nossos atos.

QUEM VAI MANDAR

Ao conversar com o Política e Mais, Edna não escondeu ter conhecimento de que pessoas ligadas à antiga gestão, condizida pelo então prefeito Cido Sério (PT), fazem fiscalização sistemática sobre atos do atual governo.

"A gente também é advogada e você sabe que também sou muito estudiosa. Embora direito não é matemática, sempre fica uma possibilidade. Mas a gente vai tomar uma posição e vocês não vão poder fazer o barulho que foi feito", diz, referindo-se ao ao episódio envolvendo Nava. "Agora tem uma coisa. Quem vai administrar somos nós. Agora, terminou o mandato do Cido. Quem vai administrar somos nós. Se tiver erro, a gente admite, a gente corrige, ninguém é perfeito, mas quem vai dar o tom somos nós", disparou.

A vice-prefeitura também atacou. "Eu, como vereadora, sei o que aconteceu na administração. Eu nunca 'titubiei' e nunca vou titubear. Agora, tem muita coisa que precisa vir à tona.", afirma. "Quem vai administrar é o Dilador. Eles saíram, terminou o mandato. Ao lado disso, todas as correções serão tomadas",a firma.

Edna lamentou o fato de os antigos governantes não terem renovado convênios que prejudicam o andamento da cidade e de entidades que prestam assistência à população. "Entidades sem repasses, convênios não renovados para dinheiro para Apae, AMA, Albergue. A gente fica triste porque a cidade está com um monte de falha e o pessoal resolveu por lupa em coisas que no mínimo são questionáveis. Se estão certas ou erradas, vamos verificar, mas são, no mínimo, questionáveis", conclui.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.