ARAÇATUBA | 11 DEZEMBRO
| 13:19 | 20° MIN 33°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
Anunciante
Organização afirma que vai apurar demora em atendimentos no novo PS
Anunciante

A Organização Social de Saúde Santa Casa de Birigui, que administra o pronto-socorro municipal Aida Vanzo Dolce, em Araçatuba, anunciou na tarde desta quinta-feira (19) que vai apurar os fatos relatados pelo site Araçatuba e Região sobre a demora de até cinco horas no atendimento aos usuários da unidade de urgência e emergência.

“Diante dos relatados, estamos tomando as devidas providências para apurar os fatos citados”, informou a Organização Social, por meio de nota. A OS afirmou, ainda, que assumiu a unidade há menos de um mês e que busca a excelência em atendimento à saúde. A Santa Casa de Birigui venceu a licitação para gerenciar os serviços de urgência e emergência de Araçatuba, por R$ 17 milhões anuais.

Na segunda-feira (16), o idoso Pedro Queci, de 65 anos, demorou cinco horas para ser atendimento no pronto-socorro de Araçatuba. Ele foi ao local porque tem câncer de garganta e precisava receber uma sonda endogástrica para se alimentar, já que não consegue comer via oral.

Horas depois de voltar para casa, a sonda do idoso saiu e ele precisou retornar ao PS. Desta vez, esperou outras duas horas para ser atendido e a família teve de comprar a sonda, já que a unidade não dispunha do material. O caso provocou a indignação de sua filha, a estudante de psicologia Vaine Kessy, que usou as redes sociais para denunciar o ocorrido com o seu pai.

Já a auxiliar administrativo Elisângela Grotto Machado, 39, contou que quase desistiu do atendimento no pronto-socorro por causa da demora. Ela chegou ao local às 20h, na segunda-feira (16), e só saiu de lá às 2h de terça. Com vômito e diarreia, ela relatou que não conseguia parar em pé e não havia leito para ela se deitar, por isso, sentou na escadinha de uma maca, já que estavam todas ocupadas.

O pronto-socorro municipal passou o único serviço de urgência e emergência de Araçatuba que funciona 24 horas por dia, já que o prefeito Dilador Borges (PSDB) fechou o pronto atendimento do São João, centralizando todo o atendimento emergencial no PS.

Após a publicação da matéria, na noite desta quarta-feira, no site Araçatuba e Região, a Prefeitura enviou uma nota sobre a média de atendimentos na unidade. O pronto-socorro foi inaugurado no dia cinco deste mês. De lá até o dia 11 de julho, foram realizados 3.753 atendimentos, entre clínicos, pediatria, ortopedia, inalação, medicação externa e curativos.

Segundo o município, a média de atendimentos continua a mesma em relação ao funcionamento no prédio anterior. "Em avaliação da primeira semana das novas instalações do Pronto Socorro Municipal, verificamos que o local recebeu aproximadamente 600 pessoas por dia. Apresentamos uma melhor resolutividade aos atendimentos à população com os novos serviços de exames laboratoriais e pediatra, este último com 470 pacientes atendidos na semana", informa a nota.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.