ARAÇATUBA | 12 DEZEMBRO
| 7:18 | 22° MIN 34°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
ObituÁrio
Anunciante
DESCANSO DO GUERREIRO
Paulinho, o menino de apenas 1 rim, sofre 4 paradas cardíacas e morre
27/12/2012
24/06/2018
Anunciante

Morreu às 6h deste domingo (24), após não resistir a uma quarta parada cardíaca, o pequeno guerreiro Paulinho. O menino gêmeo de Araçatuba, que nasceu com apenas um rim e que há meses vinha dependendo de uma máquina de diálise para sobreviver.

Após um período internado em um hospital de Bauru, devido à falta de um nefrologista pediátrico em Araçatuba, para acompanhar seu caso, Paulo Otávio, o Paulinho, como ficou conhecido, havia ido para casa há duas semanas. A esperança de seus familiares, a mãe Andréa, o pai Roger e seus três irmãos, além de amigos e pessoas que se solidarizaram com seu drama era de que ele pudesse se estabilizar, dando sequência ao tratamento até conseguir um transplante renal. Infelizmente, a situação se agravou e ele não resistiu.

No último dia 15, Paulinho foi internado na Santa Casa local com líquido nos pulmões. A partir daí, seu quadro clínico foi se agravando, pois o corpinho já fragilizado diante de tanto trauma entrou em estado de coma. O pequeno foi entubado e, não bastasse, foi acometido de hemorragia cerebral.

Neste sábado, a mãe Andréa Carlos Firmino postou em sua rede social que a equipe médica da Santa Casa informou à família que, dentro do quadro de gravidade, a situação de Paulinho era estável. No entanto, ele enfrentava um novo problema. Uma infecção, que a mãe não soube explicar, e que pode ter tirado ainda mais o que ainda sobrava de forças para o pequeno menino.

Ouvida pelo Araçatuba e Região neste domingo, a mãe de Paulo procurou demonstrar serenidade, mesmo lidando com a dor de perder um filho. “Ele estava sofrendo muito. Descansou na paz de Deus”, disse.

O velório do pequeno guerreiro ocorrerá no Memorial Laluce, atrás do cemitério da Saudade, e o sepultamento será na cidade de Valparaíso, onde familiares do pai de Paulinho possui jazigo. No entanto, ainda não há horários definidos para velório nem sepultamento.

ÁGUIA DA PM FARIA TRANSFERÊNCIA

O agravamento da situação de saúde de Paulinho colocou familiares em situação de desespero e a levou a buscar caminhos na tentativa de buscar a transferência do menino para o hospital em Bauru, onde ficou mais de um mês em tratamento, na expectativa de que ele recebesse atendimento que pudesse reverter sua situação, mesmo diante de tanta dificuldade.

A família solicitou ao Araçatuba e Região ajuda para ter contato com o comando aéreo da Polícia Militar, responsável pelo Grupamento Águia, para dialogar sobre a possibilidade de um helicóptero para fazer a transferência do paciente.

A PM entendeu a situação e a gravidade do caso e se colocou à disposição. Para isso, chegou a disponibilizar um helicóptero usado na cidade de Bauru, que é equipado com UTI, para vir buscar Paulinho, caso a equipe médica que o vinha tratando em Araçatuba, assim como a família, e médicos bauruenses chegassem a um entendimento de que a transferência seria melhor a solução.

Mesmo com todos estes esforços, o quadro clínico de Paulinho não contribuiu para que viesse a ser removido para um outro hospital. E não havia certeza de que isso poderia resultar em melhoras para sua delicada situação de saúde.

A transferência acabou não ocorrendo, uma vez que ao passar dos dias o quadro clínico foi piorando. Tirar Paulinho de uma UTI onde estava recebendo toda assistência e colocá-lo em uma aeronave seria um risco iminente, mesmo com os familiares demonstrando disposição em se responsabilizarem por uma eventual fatalidade no decorrer do translado.

Os familiares do pequeno se conscientizaram de que o risco era grande e se apegaram ainda mais em corrente de fé, colocando nas mães de Deus o melhor destino para a criança. Paulinho lutou bravamente até as 6h deste domingo. Horário em que o guerreiro decidiu que era hora de descansar.



Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.