ARAÇATUBA | 18 AGOSTO
| 22:27 | 10° MIN 29°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Araçatuba
Ministro do STF diz que grupo dono do Estaleiro em Araçatuba pagou propina a Renan Calheiros

Reportagem publicada neste fim de semana pela revista Época indica o possível pagamento de propina por empresas que integram o consórcio dono do ERT (Estaleiro Rio Tietê), em Araçatuba, ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB). Investigações em torno do político foram autorizadas pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Teori Zavascki. Que deu aval para a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador.


A reportagem de Época, mostra que Renan teria recebido propina de um dos pagamentos do contrato de R$ 240 milhões para a construção de 20 comboios de barcaças. A licitação foi vencida em agosto de 2010 pelo consórcio Rio Maguari, formado pelo Estaleiro Rio Maguari, pela SS Administração e pela Estre Petróleo. Empresas que são donas do estaleiro de Araçatuba.


O governador Geraldo Alckmin, participa do lançamento da Pedra Fundamental para construção do Estaleiro + Assinatura do Protocolo de Intenções entre os governos federal e estadual para investimentos na Hidrovia Tietê Paraná .13.09.2011Araçatuba-SPFoto: Gilberto Marques/Governo do Estado de SP

O valor do contrato indicado pela revista, no entanto, é divergente o que calcula hoje o MPF (Ministério Público Federal), sobre a contratação do Estaleiro. Na época, o contrato foi assinado em dólar e estimado em US$ 239 milhões. Numa conversão em reais, ele estaria hoje avaliado em R$ 432 milhões.


A reportagem da revista, porém, traz detalhes importantes que colocam Araçatuba em meio a um turbilhão de escândalos motivados por corrupção. Ao longo da contratação do consórcio para a viabilização do estaleiro na cidade, Época diz, com informações do STF, que "as empresas que viriam a vencer a disputa fizeram doações para a direção estadual do PMDB de Alagoas, cujo responsável é Renan", que recebia dinheiro repassado pelo partido. "Constata-se que em 19 de julho de 2010 ocorreram duas transferências para a campanha de José Renan Vasconcelos Calheiros, ambas no valor de R$ 200 mil perfazendo-se o total de R$ 400 mil correspondentes aos valores depositados pelas empresas que fraudulentamente venceriam a licitação em comento", diz o documento do ministro Teori.


SUPERFATURAMENTO


A publicação reforça ainda mais notícia veiculada na imprensa nacional nesta sexta-feira (18), de que o ERT de Araçatuba teria sido contratado com valores bem acima dos praticados pelo mercado. A CGU (Controladoria-Geral da União) aponta, em estudos técnicos, que o estaleiro foi contratado pela Transpetro, subsidiária da Petrobras que era comandada por Sérgio Machado, aliado político de Renan Calheiros, com superfaturamento de 44%.


Informações que confirmam que STF, Polícia Federal e CGU estão de olho em Araçatuba, e que o mega empreendimento, anunciado com pompa e circunstância pelo prefeito Cido Sério (PT), pode trazer ao município uma mancha que jamais terá reparo em sua história.

replica louboutin christian louboutin pumps sale where to buy copy christian louboutin futura booties
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.