ARAÇATUBA | 9 DEZEMBRO
| 17:3 | 15° MIN 31°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
Anunciante
MENOS MÉDICOS
Médicos cubanos deixam de atender em Araçatuba a partir desta quarta
Anunciante

Os 23 médicos cubanos que atuam na atenção básica de Araçatuba deixarão de atender nas 19 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município a partir desta quarta-feira (21). Nesta terça (20), não houve atendimento por causa do feriado municipal do Dia da Consciência Negra.

Os profissionais interrompem suas atividades nesta quarta para que possam organizar a sua saída do Brasil. Eles deverão deixar Araçatuba nesta sexta-feira (23), já que têm voo marcado para Cuba para este sábado (24).

A expectativa é de que eles sejam encaminhados para prestar serviços com outros países que têm cooperação com a ilha caribenha, como é o caso da China, Rússia, Portugal, Chile, Argélia, dentre outros.

PACIENTES

Com a interrupção da participação dos cubanos no Programa Mais Médicos, anunciada pelo Ministério da Saúde Pública de Cuba na última quarta-feira (14), a estimativa é de que milhares de pacientes fiquem sem assistência médica no País, até a contratação de novos profissionais. Em Araçatuba, eles são responsáveis por atender 55 mil pacientes.

Os dados são do Conselho Municipal de Saúde, com base nos atendimentos da ESF (Estratégia Saúde da Família), composta por 45 equipes, sendo que cada uma atende, em média, 3 mil pacientes, totalizando 135 mil atendimentos.

Como os cubanos representam 41% dos médicos da atenção básica de Araçatuba, o número de pacientes atendidos por eles chega perto dos 55 mil.

Se tudo correr bem no chamamento feito pelo governo federal para substituir os médicos cubanos, o atendimento deverá ser retomado no início de dezembro.

Até lá, a atenção básica contará com os outros 33 médicos contratados pelo município para a atenção básica.

EDITAL

Nesta terça-feira (20), o governo federal publicou um edital de chamamento de médicos brasileiros para a substituição dos cubanos. Para a região, são 53 vagas disponíveis, sendo 23 só para Araçatuba.

As inscrições vão até este domingo (25) e a previsão é de que os primeiros profissionais cheguem aos locais de trabalho no dia três de dezembro, com prazo máximo de apresentação em sete de dezembro.

Gestores de saúde, no entanto, temem que não haja interesse de médicos brasileiros em trabalhar de seis a oito horas diárias por um salário de R$ 11.800,00.

Se houver vagas remanescentes, um novo edital será lançado, em 27 de novembro, para brasileiros formados no exterior e estrangeiros.

APOIO

Em nota, o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) pede o apoio de todos os gestores da saúde pública municipal para que os médicos cubanos retornem ao seu país de origem com dignidade, tranquilidade e segurança.

“Esses profissionais estavam em missão no Brasil e é sempre oportuno destacar a importância e a diferença que fizeram na melhoria da organização, do acesso e da qualificação da Atenção Básica nos municípios brasileiros nesses cinco anos do programa. Além de nosso reconhecimento e agradecimento, devemos a eles nesse momento, todo nosso apoio e compreensão”, diz um trecho da nota assinada pelo presidente do Conasems, Mauro Junqueira.

ILEGAIS

Ele explica que, o profissional cubano, a partir do fim do vínculo do Governo de Cuba com o Programa Mais Médicos, e o anúncio da data de seu retorno a Cuba, perde as prerrogativas que legalizavam sua permanência e trabalho no Brasil.

“Seu visto de trabalho e sua autorização para o trabalho no Programa expiram automaticamente, tornando sua permanência e trabalho ilegais”, afirma o presidente do Conasems.

RESPEITO E CARINHO

“Mais uma vez, o Conasems pede aos secretários municípios de saúde para tomarem as providências necessárias para que esta saída seja feita de forma respeitosa e carinhosa, e dentro de suas possibilidades, disponibilizem o devido deslocamento para embarque”, finaliza a nota emitida pelo líder do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde.

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.