ARAÇATUBA | 20 JULHO
| 21:16 | 15° MIN 32°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
CULTURA E ARTE
PARLA!
MASCUS COM LEITE

É hoje! Acordei de pau duro, cheio de vontade de estourar uma vadia no meio. Chega desse mundo! Aqui só tem escória: feminazi, viado, sapatão, preto, esquerdopata e mimimi. Cadê a honra, a moral? Esses lixos humanos esqueceram que é o homem branco macho quem manda aqui na Terra. Mas hoje eu vou fazer eles se lembrarem. Deus é fiel.

Passei a madrugada bolando o esquema no chan. Não vai ter furo. Aliás, minha garrucha vai fazer é muito furo, isso sim! Vou furar essa escória e entrar pra história. Os impuros não me tocarão, jamais. Vou mandar todos pro inferno, que é o lugar deles. E, depois, vou abraçar Deus no paraíso.

Estão falando por aí que eu sou mangina. Porra nenhuma! Não achei meu pau no lixo para boceta mandar em mim. Essas vagabundas são todas umas cretinas, e apoiam outras vagabundas contra nós, os homens sanctos. Aí vêm essas Lolas da vida curtir com a nossa desgraça. Mas nada como um dia após o outro. É hoje!

Já entendi que esse país de lixo está vendido pros esquerdopatas. Só comunista se dá bem nessa porra. Os pilantras querem fazer a gente acreditar nessas baboseiras de direitos humanos. Quem falou que viado, vadia, comunista, preto, aleijado é gente? É o caralho! Bando de escória, isso sim! Estão destruindo a família, as escolas, as empresas, tudo.

Eu tenho quase 30 anos e estou aqui, vivendo na casa dos velhos, sem trampo, sem porra nenhuma. E por quê? Por causa dessa escória maldita, com cota pra macaco em faculdade, vaga pra aleijado em concurso público, parada gayzista na rua, blog de femiputista, lei Maria da Penha e o escambau! Essas merdas todas que os comunistas inventaram para foder a gente, os verdadeiros homens de bem.

E vou mandar a real: nem o Bolsomito vai dar jeito nisso! A escória já tomou conta de tudo. Não tem mais volta. É por isso que decidi quitar essa vida, e vai ser hoje! Minha garrucha vai cantar na rua. Foda-se! Essa latrina de mundo não me merece. Vou provar pra todos que sou um herói, como o Wellington Menezes, o grande guerreiro sancto de Realengo, que subiu pro céu numa Sexta-Feira Santa.

Sei que nasci para brilhar na televisão. Já estou até vendo a chamada no Jornal Nacional. O William Bonner, aquele comunista, falando o meu nome pro Brasil inteiro ouvir, e a escória toda indignada em casa, com suas panças cheias de bolsa-esmola. Que nojo! E meu rosto lá, puro, sancto, dando força pros outros que ficarem nesse mundo de bosta.

– Danieeel!

– Espera aí, mano! Minha mãe tá chamando aqui. Fala, mãe!

– Seu leite tá pronto.


EDER PARLADORE é jornalista, redator publicitário, roteirista, cronista e poeta. Já trabalhou em jornais, revistas, produtoras e agências do interior de São Paulo e Minas Gerais. Prestes a lançar seu primeiro livro de poemas, atualmente também faz parte, como autor e ator, do espetáculo musical “Samborê Barravento”, sobre a importância dos negros e das religiões de matriz africana no Brasil.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.