ARAÇATUBA | 10 DEZEMBRO
| 19:37 | 18° MIN 32°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
MAIS DO MESMO: DILAFLOR copia orçamento do PT e Câmara e 7 secretarias terão orçamentos iguais aos de Cido Sério em 2018
Anunciante
A população de Araçatuba passou dez meses neste ano de 2017 ouvindo da administração municipal que a Prefeitura não poderia fazer muito do que foi prometido em campanha pelo prefeito e vice eleitos no pleito passado - no caso a dupla Dilaflor, formada pelo cimenteiro Dilador Borges (PSDB) e pela defensora dos direitos humanos, da ética, da legalidade e da moralidade, Edna Flor (PPS) - porque o orçamento para o atual período foi preparado pelo ex-prefeito Cido Sério (PT) e aprovado pela Câmara em 2016, o que inviabilizaria muitos feitos.

Pois bem. A Câmara vota na sessão desta segunda-feira (13), o primeiro orçamento elaborado pela gestão Dilaflor, para investimentos e manutenção de atividades em 2018. Eis que a peça elaborada pelo Executivo surpreende ao prever idênticos, incluindo até centavos, recursos que devem ser destinados pela Prefeitura à Câmara, sete secretarias municipais e até para reserva de contigência.

O orçamento previsto pela gestão DILAFLOR para 2018 é de R$ 572.317.765,65. Pelo menos na projeção, tende a ser R$ 25.967.644,84 maior que a estimativa de recursos para 2017. Isso, é claro, se no próximo ano o município receber dos governos federal e estadual o que espera e, principalmente, da população local, os tributos que lhe são pertinente. Como o IPTU, que corre o risco de ser aumentado em pelo menos 20% e fazer com que um expressivo número de contribuintes deixe de pagá-lo por conta da crise.

AS IGUALDADES

Observando a LOA (Lei de Diretrizes Orçamentárias) enviada pelo governo DILAFLOR à Câmara, vemos de cara que a Casa Legislativa terá para o próximo ano os mesmos R$ 22 milhões previstos para 2017. O mesmo acontecerá com as secretarias de Governo, Comunicação, Assuntos Jurídicos e Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho.

O Política e mais preparou uma tabela comparativa com os orçamentos de Cido Sério e o de Dilador, que ainda manterá iguais os recursos para Meio Ambiente, segurança, Cultura e a reserva de contingência.

Em miúdos, a gestão que tanto prometeu vai entrar no segundo ano de mandato com um "mais do mesmo" em suas previsões orçamentárias. Tudo isso, alega o município, pelo fato de a Prefeitura não ter arrecadado cerca de R$ 40 milhões de tudo que foi previsto para 2017. O que, segundo o secretário de Fazenda, Josué Cardoso de Lima, não justificaria prever um orçamento diferente para as setores que terão os mesmos recursos no próximo ano.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.