ARAÇATUBA | 16 AGOSTO
| 18:18 | 10° MIN 29°MAX |
Nublado com Possibilidade de Chuva - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
GERAL
Integrantes do MST fazem manifestação por reforma agrária e em favor de Lula, após desocuparem fazenda de Oscar Maroni
Os cerca de 350 integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) que ocupavam a Fazenda Santa Cecília, em Araçatuba, deixaram a propriedade no final da manhã desta terça-feira (24), uma semana após a ocupação. Em seguida, eles se dirigiram, em marcha, para a frente da Justiça Federal, na Avenida Pompeu de Toledo, onde realizaram um ato político em defesa de Lula e da reforma agrária.

Com cartazes e carro de som, os manifestantes se concentraram no quilômetro 531 da Rodovia Marechal Rondon e seguiram até a Avenida Saudade, por onde marcharam até a Justiça Federal. As polícias militar e rodoviária acompanharam a manifestação.

O ato, segundo o MST, foi em defesa da Reforma Agrária e por Lula Livre. A manifestação contou com representantes da Apeoesp, PT, FNL (Frente Nacional de Luta), MST, PC do B e CUT. O deputado e candidato ao senado do PT por São Paulo, Jilmar Tatto, também participou da manifestação, junto com lideranças locais e regionais.

A manifestação também foi em repúdio a Oscar Maroni, reivindicando que a fazenda Santa Cecília seja transformada em assentamento. Como protesto, os manifestantes carregaram um boneco de Maroni vestido de presidiário. Durante a manifestação, uma mulher gritou aos manifestantes "Lula Preso" e foi fortemente vaiada.

Maroni considerou a ocupação de sua fazenda uma retaliação por ter distribuído cerveja quando foi expedido o mandado de prisão de Lula, no início deste mês. Ele ofereceu nove mil cervejas a populares que foram para a frente de sua boate, a Bahamas Club, em São Paulo, no dia seis de abril.

O empresário foi acusado pelo Ministério Público de "manter casa de prostituição" e de "facilitar ou induzir a prostituição alheia". Ele foi condenado em primeira instância, mas acabou absolvido pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), em outubro do ano passado.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.