ARAÇATUBA | 12 NOVEMBRO
| 22:8|
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
DIPLOMA HONORIS CAUSA
Ilan vai ao Planalto homenagear Michel Temer por reforma trabalhista
Anunciante

O Instituto Liberal da Alta Noroeste (Ilan), com sede em Araçatuba, vai entregar ao presidente da República, Michel Temer (DEM), o diploma “Honoris Causa”, no próximo dia 12, às 10h30, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). O evento já consta da agenda presidencial.

Ao justificar a entrega do prêmio, o presidente do conselho deliberativo do Instituto, Rodrigo Andolfato, cita o trabalho do presidente para a aprovação da reforma trabalhista. “Esta gestão contribuiu para um País rumo a um modelo mais justo nas relações entre empreendedores e trabalhadores”, afirmou.

Andolfato afirma que as investigações da Lava Jato que respingaram sobre o presidente não são impeditivo para a homenagem. “Enquanto membros do conselho deliberativo do Ilan, temos a prerrogativa de cargo e função, de homenagear, independentemente de quem seja ou que tenha feito, as ações que levam o Nosso País  rumo a um caminho mais liberal”, argumentou.

No diploma que será entregue ao presidente, o Ilan destaca: “Sua coragem em expor-se contrário ao estamento da sociedade acostumada a mais direitos que deveres, nos encoraja a copiá-lo em ações do cotidiano, em nossas comunidades locais, por toda região noroeste paulista."

O documento é assinado por Andolfato e pelos vices-presidentes do conselho deliberativo do Instituto, Celes Januário Garcia Júnior e Glauco Bonfim Rodrigues.

O diploma “Honoris Causis” foi entregue, em março deste ano, aos vereadores Cido Saraiva (MDB), Arlindo Araújo (PPS) e Flávio Salatino (DEM), por votarem contra o aumento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Na ocasião, o vereador Lucas Zanatta (PV) também receberia o diploma, mas declinou.

Para Andolfato, a homenagem a Temer é uma maneira de levar o nome do Instituto, criado em 2016, para todo o Brasil.

DEMANDAS

Como estará com o presidente no próximo dia 12, Andolfato se ofereceu para levar demandas locais ao presidente. “Me ofereci ao secretário de Planejamento, Tadeu Consoni, para levar os eventuais pedidos que precisam ser liberados em Brasília, mas recebi como resposta que não há necessidade”, disse.

A reportagem questionou a assessoria de imprensa da Prefeitura sobre o posicionamento de Consoni, mas, até agora, não obteve resposta.

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.