ARAÇATUBA | 15 AGOSTO
| 4:12 | 12° MIN 30°MAX |
Variação de Nebulosidade - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Adolfo Lutz
H1N1 matou empresário de Araçatuba; outro paciente, de Buritama, também morreu na cidade
O Instituto Adolfo Lutz confirmou nesta quinta-feira (05) que a causa da morte de um empresário de 42 anos, morador de Araçatuba, ocorrida no último dia 4 de abril, foi mesmo a gripe H1N1. Ele faleceu na Santa Casa, onde deu entrada com quadro clínico gravíssimo no dia 22 de março.

Além do empresário, que, inclusive, foi velado em caixão lacrado, na quarta-feira (04), a Santa Casa havia divulgado uma outra morte por H1N1 de paciente que ficou internado no hospital. Trata-se de um homem de 49 anos que morava na cidade de Buritama.

H1N1 - IMAGEM

A Santa Casa divulgou resultados parciais de um total de dez exames que estão sendo realizados pelo Instituto Adolfo Lutz. De acordo com o hospital, três pacientes que internados com sintomas parecidos tiveram laudos negativos para H1N1

O empresário em questão era dono de uma empresa de caçambas de entulho que atuava em Araçatuba e era casado com uma advogada. Ele passa a ser considerado o primeiro caso genuíno de H1N1 no município, que resultou em morte.

Pelo fato de a Santa Casa ser um hospital de referência, sediada em Araçatuba, ela recebeu e continua recebendo pacientes de outras cidades com sintomas da gripe. São casos que estão em tratamento e processo de investigação.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.