ARAÇATUBA | 16 AGOSTO
| 18:19 | 10° MIN 29°MAX |
Nublado com Possibilidade de Chuva - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Governo já dialoga com 'velha guarda' por não ter maioria
A administração do prefeito Dilador Borges (PSDB) já está ciente de que, em questão de curtíssimo tempo, terá de enviar à Câmara uma proposta de reforma administrativa para ajustar, em especial, os cargos apadrinhados existentes no governo. O ajuste se faz necessário pelo fato de algumas pessoas terem nomeadas para cargos como os de chefe de gabinete e assessor executivo de secretarias que, em tese, não existem mais, foram agrupadas a outras pastas.

Não existindo secretarias, logo estes cargos não devem existir, pelo menos como as nomenclaturas e atribuições que possuem hoje. Daí, a reforma administrativa se faz necessária e é justamente aí que mora o perigo. Dilador, diferente do que muitos de seus aliados diziam até pouquíssimo tempo, não tem dez votos no Legislativo para aprovar projetos de magnitude como o que altera a estrutura de cargos no governo. Sem maioria absoluta, não conseguirá aprovar questões importantes de seu interesse.

Para quem dava como certa a maioria absoluta de aliados na Câmara, a preocupação passou a ser latente a partir do momento em que parlamentares como Arlindo Araújo já deixaram claro que não vão fazer tudo o que o governo quer. O grupo político de Dilador sabe que nem mesmo entre os aliados eleitos por sua coligação tem apoio generalizado.

Nomes como Lucas Zanatta (PV), Alceu Batista (PV), o próprio Almir Fernandes Lima (PSDB) não estariam muito dispostos a se "queimarem" de cara com a votação de uma reforma administrativa que todos sabem que pode gerar um tremendo desgaste político.

Talvez por isso, Dilador e seu time tem já tem procurado a "velha guarda" da vereança local. De preferência aos fins de semana ou de forma muito discreta, tem gente do governo articulando com as "cobras criadas" do legislativo. Eventuais acordos serão vistos logo que as sessões da Câmara retomarem, em seis de fevereiro. Seria interessante o eleitorado observar como os vereadores que continuaram vão votar as propostas enviadas à Câmara pela gestão de Dilador.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.