ARAÇATUBA | 15 DEZEMBRO
| 23:14 | 23° MIN 34°MAX |
Pancadas de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
Anunciante
CIDADES
Gestão DILAFLOR terá que demitir apaniguados aliados para acomodar indicados de vereadores se quiser aumentar IPTU
Anunciante
Na base da barganha de cargos comissionados na administração municipal, o governo DILAFLOR - formado pelo cimenteiro Dilador Borges (PSDB) e pela defensora dos direitos humanos, da ética, da legalidade e da moralidade, Edna Flor (PPS), que sempre abominou qualquer tipo de maracutaia na política - tende a aprovar nas próximas semanas o aumento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) cobrado dos araçatubenses.

Bem ao estilo do que acontece em Brasília, onde o presidente Michel Temer (PMDB) tem vendido a alma a deputados para se livrar de investigações pelo STF (Supremo Tribunal Federal), em Araçatuba, Dilador Borges e Edna Flor - quem diriam, logo ela, hein? - vão negociar cargos com os parlamentares que já têm em mãos para terem chance de aprovação do aumento do tributo. ]

O Política e Mais ouviu pelo menos quatro vereadores, que pediram para não serem identificados. Eles afirmam que para avançar na Câmara, a proposta terá de ser apresentada aos parlamentares acompanhada de uma negociação capaz de amenizar o desgaste a ser enfrentado por aqueles que vierem a votar favorável à elevação do imposto.

Alegando cobrança do TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) para que a planta de valores imobiliários seja reajustada em Araçatuba, para que a Prefeitura não tenha renúncia de receitas, Dilador e Edna vão ter que demitir apaniguados por eles nomeados para colocar em seus lugares nomes indicados por vereadores.

O Política e Mais apurou também que a Prefeitura deveria aumentar o IPTU em 82%. No entanto, falta coragem por parte dos atuais gestores. Por conta disso, a proposta que chegará ao Legislativo deve prever uma elevação de 40%. Um percentual elevado que vai sacrificar muitos araçatubenses.

Por parte dos vereadores, é consenso de que a aprovação do IPTU não sairá de graça. Desta forma, Dilador e Edna terão de jogar por terra todo discurso de moralidade pregado até então, se quiserem que o município venha a arrecadar mais com o imposto.

PARA FICAR ATENTO

As evidências de negociações entre prefeito, vice e parlamentares devem começar a aparecer por meio de publicações no Diário Oficial. É por ele que os araçatubenses terão condições de saber quem será demitido e quem será contratado para cargo apaniguado.

Uma outra forma de leilão é a concessão de Funções Gratificadas a servidores de carreira que venham a ser indicados por vereadores. Da mesma forma, o governo tucano/pepessista ainda pode aumentar os ganhos de apadrinhados políticos de parlamentares que já atuam na Prefeitura, concedendo terços salariais e elevando valores correspondente ao RDP (Regime de Dedicação Plena).

Seria interessante a população acompanhar para avaliar bem quem são os políticos que detém o poder em Araçatuba e se eles merecerão novas chances nas próximas eleições.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.