ARAÇATUBA | 10 DEZEMBRO
| 4:24 | 18° MIN 32°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Gestão DILAFLOR ainda não tem 6 meses, mas já gasta verba pública com propaganda em TV; a Prefeitura não estava quebrada?
Anunciante
A Prefeitura de Araçatuba já abasteceu todas as unidades de Saúde do município com remédios para atender às necessidades da população? Não. Já tapou todos os buracos da cidade? Não. Já traçou um plano para desenvolver a cultura oferecida à população? Também não. Por acaso, deu jeito em problemas ambientais, como o déficit de verde no município? Muito menos. Já executou pelo menos um quarto do plano de governo apresentado aos eleitores nas últimas eleições? Muito menos.

Pois bem. Nada disso foi encaminhado ou solucionado por completo ainda mediante uma única desculpa propagada pela administração municipal, o famoso governo DILAFLOR - este aí, formado pelo cimenteiro Dilador Borges (PSDB) e a defensora dos direitos humanos, da ética, da legalidade e da moralidade, Edna Flor (PPS): a falta de dinheiro nos cofres da Prefeitura.

Só que, antes mesmo de completar seis meses de gestão, a dupla DILAFLOR já está fazendo propaganda dos seus pequenos feitos até aqui. Neste fim de semana, começou a ser veiculada em emissora de televisão - o Política e Mais viu a publicação na emissora mais cara e em horário nobre - campanha publicitária com a finalidade de convencer a população que a Prefeitura de Araçatuba está "colocando a casa e ordem", como sugere o slogan.

Para quem tanto criticou outras gestões, que implantaram em Araçatuba a famigerada ideologia do "pão e circo", de forma um tanto quanto vergonhosa, o governo DILAFLOR faz, exatamente, o mesmo. Em resumo, gasta dinheiro público para dizer que realizou cursos de capacitação de professores, que zerou o déficit de vagas em creches para uma determinada faixa etária - o que precisa ser confirmado pelo Ministério Público, que tanto acompanhou isso, e pelos detentores da fiscalização na cidade, os ilustres edis, em especial os 14 que "comem na mão" do atual governo - e que fez uma coisa ou outra.

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=3YAyTePFfhc[/embed]

Um tremendo contrassenso levando-se em conta o vídeo publicado pelo alcaide Dilador Borges na sexta-feira (16), quando fez questão de divulgar que estava trabalhando em pleno ponto facultativo. Na gravação, o tucano cobra os araçatubenses para que aproveitem o período de negociação de dívidas entre contribuintes e Prefeitura, para que a população possa quitar suas dívidas. Publicação que termina com a declaração um tanto quanto intimidatória disparada pelo chefe do Executivo: "você cumprir o seu dever e nós realizando os seus direitos".

É um discurso controverso para um governo que, antes mesmo de completar seis meses, gasta com propaganda em televisão apenas para dizer que está fazendo algo. Nada de magnífico. Apenas cumprindo tabela em termos de administração pública cercada de obrigações a cumprir para com a população.

DE ONDE VEM O DINHEIRO?

Se de um lado a Prefeitura diz que precisa fazer cortes e melhorar a arrecadação poder suprir as necessidades da população, de outro ela escancara uma série de interrogações. Onde não há dinheiro, não há recurso para propagandear coisas pequenas diante de uma população que padece por infinitas necessidades.

O governo DILAFLOR vai vir a público dizer de onde está saindo o dinheiro para fazer propaganda da atual gestão tem horário nobre na emissora mais cara das que originam sinal a partir de Araçatuba e demais meios de comunicação?

Neste quesito, o que a vice Edna Flor tem a dizer. Ela que tanto criticou o ex-prefeito Cido Sério por fazer propagandas em televisão, rádio e até por divulgar obras inacabadas em carnês de IPTU, o que tem a dizer? Quando a ilustre reserva da cadeira principal do Executivo vai se manifestar a respeito?

Edna Flor concorda em propagandear feitos não necessariamente dos mais importantes para a cidade sabendo que há coisas mais importantes a serem feitas? Não seria mais adequado o governo DILAFLOR divulgar com magnitude seus feitos quando deixar de faltar remédios em unidades de saúde; quando as ruas da cidade estiverem em plenas condições de uso, por exemplo.

A impressão que fica é de que o governo DILAFLOR quer se mostrar. Fazer por aparecer. Com tão pouco tempo de governo, isso pode significar que o encanto dos araçatubenses para com prefeito e vice eleitos já não é o mesmo de outrora.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.