ARAÇATUBA | 15 NOVEMBRO
| 8:58 | 22° MIN 31°MAX |
Pancadas de Chuva - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍCIA E JUSTIÇA
Anunciante
MORTE EM CHÁCARA 2
Familiares de Diogo Belentani, morto com tiro, rebatem mãe de acusado
Anunciante

A família do estudante Diogo Belentani, 21 anos, morto em 15 de julho de 2017 em uma chácara da avenida Baguaçú, em Araçatuba, após levar o tiro disparado pelo policial militar Vinícius Oliveira Coradim Alcântara, 22 anos, que responde a processo pelo crime de homicídio; disparo aleatório de arma de foto e fraude processual, e que vai a júri popular em 7 de novembro, se manifestou nesta sexta-feira (24) sobre declarações dadas ao Araçatuba e Região pela mãe do acusado, Érica Souza Oliveira.

Na nota enviada ao site, familiares da vítima repudiam as declarações da mãe de Vinícius, que entrou em contato com o Araçatuba e Região e respondeu a 32 questões formuladas pela reportagem. O site abre, da mesma forma, espaço para manifestações do estudante Diogo Belentani.

LEIA A ÍNTEGRA DE NOTA DA FAMÍLIA DE DIOGO BELENTANI:

“A família da vítima Diogo Belentani, nesse momento difícil de dor, lamenta os comentários ofensivos da mãe do acusado expostos através desse órgão da imprensa, demonstrando ela, com tal agir, total desrespeito com a memória da vítima, com seus familiares e amigos, deixando evidente a intenção inequívoca de defender seu filho, ora réu, a qualquer custo, fugindo dos fatos e da verdade.

Aguardamos, assim, serenamente o julgamento do caso, confiando que Justiça será feita. Deixamos claro, ainda, que nossa família nunca ameaçou ou intimidou qualquer pessoa e nem mesmo interferiu no andamento do então inquérito policial ou do processo em questão, o qual se encontra em andamento”.

Leia também: https://aracatubaeregiao.com.br/mae-de-vinicius-coradim-fala-de-juri-do-filho--acusado-de-matar-amigo/n


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.