ARAÇATUBA | 20 JULHO
| 20:49 | 15° MIN 32°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
ECONOMIA E AGRONEGÓCIO
EXPÔ 2018
Expô tem foco na genética e sustentabilidade

Com foco na genética e na sustentabilidade, a 59ª Exposição Agropecuária de Araçatuba foi aberta oficialmente nesta quarta-feira (11), com a presença de autoridades e representantes do setor agropecuário.

O evento, que teve início na sexta-feira (6), tem como um dos objetivos demonstrar o equilíbrio entre a produção e o meio ambiente. De um lado, a feira genética com mais de mil exemplares de várias raças, mostra a qualidade dos animais produzidos nas fazendas de Araçatuba e região.

De outro, exemplos de projetos sustentáveis, como a aquaponia (produção integrada de peixes e hortifrútis) e a energia fotovoltaica, apontam ser possível aliar a produção rural com a preservação ambiental.

A expectativa, segundo o presidente do Siran (Sindicato Rural da Alta Noroeste), Fábio Brancato, é um incremento de 20% a 30% no volume de negócios em comparação com o ano passado. “O Siran está resgatando o agronegócio. Estamos trazendo mais empresas para a Expô, em torno de 50% a mais do que o ano passado”, afirma o líder ruralista.

O otimismo de Brancato deve-se também à diversidade oferecida pela Expô este ano, que recebe animais bovinos, equinos e ovinos com genética de ponta para a produção a campo (cria, corte e leite). “Araçatuba e região são grandes exportadoras de genética e a feira está demonstrando isso com exemplares produzidos nas fazendas locais”.

Grandes criadores participam da feira com exemplares de gado Nelore, Senepol, Sindi, Tabapuã, Brangus, Girolando e Gir; ovinos Suffolk, Dorper e White Dorper; e equinos Mangalarga e Quarto de Milha.

SUSTENTABILIDADE

A energia fotovoltaica, obtida por meio da conversão direta da luz solar em eletricidade, por meio de placas, é um dos destaques da Expô 2018. O sistema, que vem sendo introduzido muito no campo, sobretudo em atividades como irrigação e gotejamento, está demonstrado na feira agropecuária na Fazendinha, há horta e na hidroponia (produção de verduras na água), provando que é possível produzir com práticas sustentáveis.

Outro destaque é a aquaponia, sistema integrado de cultivo de peixes e hortaliças. Os peixes fornecem os nutrientes de que as plantas necessitam e elas retiram a carga orgânica da água, devolvendo uma água limpa de volta aos peixes, possibilitando o reuso sem a necessidade de troca.

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.