ARAÇATUBA | 16 DEZEMBRO
| 19:39 | 22° MIN 35°MAX |
Pancadas de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Ex-prefeito e ex-deputado Jorginho Maluly é investigado por possível loteamento clandestino
Anunciante
O ex-prefeito de Mirandópolis e ex-deputado federal Jorge de Faria Maluly, o Jorginho, e sua esposa Vera são alvos de duas investigações abertas pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, por possível prática de loteamento clandestino na cidade de Guaraçaí.

JORGINHO - LOTEAMENTO

A denúncia foi formalizada pelo oficial responsável pelo Cartório de Registro de Imóveis de Mirandópolis, Jeferson Luciano Canova, e também tem como alvo a Prefeitura de Guaraçaí. O foto da denúncia é a execução de um loteamento naquele município sem que os imóveis estejam devidamente registrados.

O denunciante se baseou em contrato de gaveta ao qual teve acesso, de um comprador de dois terrenos ao custo de R$ 100 mil, em uma área de pouco mais de dois hectares da fazenda Santa Terezinha, herdada por Jorginho e família após a morte de seu pai, o ex-prefeito de Araçatuba e deputado federal por longos mandatos, Jorge Maluly Netto.

INQUÉRITO JORGINHO - LOTEAMENTO

As investigações sobre possível prática de loteamento clandestino, como são conhecidos empreendimentos do tipo não possuem regularização devida, estão em fase inicial. No MP, o inquérito foi instaurado no último dia 18.

O Política e Mais mandou mensagem via rede social para Jorginho, o questionando sobre a denúncia formalizada pelo responsável do Cartório de Registro de Imóveis de Mirandópolis, comarca à qual pertence Guaraçaí. No entanto, ele não respondeu.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.