ARAÇATUBA | 15 NOVEMBRO
| 16:30 | 22° MIN 31°MAX |
Pancadas de Chuva - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
ECONOMIA
EMPODERAMENTO: Mulheres de Araçatuba se juntam para criar filial de entidade internacional voltada para negócios
Anunciante
Um grupo de mulheres se reuniu na sexta-feira (20), na Acia (Associação Comercial e Industrial de Araçatuba), para fundar uma afiliada da BPW Brasil (Business And Professional Women ou Associação das Mulheres de Negócios e Profissionais) na cidade. Criada na Suíça, em 1918, a entidade defende os direitos das mulheres, além de promover a paz e melhorar a sua participação no mundo dos negócios.

A entidade está presente em mais de cem países com mais de 40 mil mulheres associadas. No Brasil, há 25 filiais da BPW em vários estados brasileiros. "A BPW congrega mulheres do mundo inteiro e batalha muito para o empoderamento da mulher", afirma Margarida Yassuda, diretora da BPW Brasil. A filial mais próxima de Araçatuba é a de Presidente Prudente.

A BPW trabalha para melhorar os padrões de serviços prestados pelas mulheres nos negócios e profissionais; possibilitar a igualdade de oportunidades, de situação jurídica, de posição social, econômica e política da mulher; e para eliminar todas as formas de discriminação e violência.

A entidade possui vários projetos que poderão ser trazidos para Araçatuba, segundo Margarida. Entre eles estão o "Doando Vidas", que conscientiza sobre a importância da doação de sangue e de órgãos, e o Outubro Rosa, sobre a importância da prevenção ao câncer de mama. Há também ações relacionadas ao fim da violência contra a mulher e pela igualdade de salários entre homens e mulheres.

Outros programas da BPW são as Embaixadoras da Água, que divulga conhecimento e diretrizes sobre a água, e o BusinessNet, rede de negócios voltada para mulheres empreendedoras.

A entidade possui um assento na ONU (Organização das Nações Unidas), por isso, é feito um trabalho entre um órgão da própria ONU e as associadas da BPW, para criar parcerias com grandes empresas, que adquirem produtos e serviços das integrantes da entidade.

"Nós possuímos também um cadastro nacional com banco de dados para promover os negócios das mulheres. É uma oportunidade de crescer, pois, na cadeia de conhecimento, temos multinacionais que querem comprar os produtos fabricados pelas mulheres", explica Margarida.

Ela destaca que a BPW realiza congresso todo ano. O próximo será em Florianópolis. A cada três anos, é realizado um congresso internacional. No ano passado, foi no Egito.
No encontro realizado nesta tarde, em Araçatuba, a presidente da BPW Brasil, Eunice Cruz, ministrou a palestra "Fazendo a diferença pela BPW". A diretora Margarida Yassuda falou sobre os projetos da entidade e o Fórum Mundial da Água, realizado em fevereiro deste ano, em Brasília, onde participou de uma sessão como coordenadora que contou com a participação da procuradora-geral Raquel Dodge.

Ela, além de diretora da BPW, é também vice-presidente da Women for Water Partnership (Parceria de Mulheres para a Água), rede internacional que congrega 27 organizações não governamentais voltadas para a gestão da água e trabalham com a conscientização do uso da água.

O evento desta sexta-feira, na Acia, teve a coordenação de Zeide Nogueira Furtado, embaixadora da Água pela BPW Brasil e Women for Water Partneship. Para abrir a filial da BPW em Araçatuba, são necessárias 20 mulheres. Há uma mensalidade para a manutenção da entidade, que possui também a ala jovem, com a participação de mulheres de até 35 anos. Os valores, no entanto, ainda não foram definidos.

SERVIÇO

Quem tiver interesse em participar da BPW em Araçatuba, deve entrar em contato com Margarida Yassuda pelo telefone (11) 9-98172707 ou pelo e-mail myassuda23@gmail.com
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.