ARAÇATUBA | 17 DEZEMBRO
| 3:26 | 23° MIN 35°MAX |
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
Anunciante
AMOR PELO NANDO
Emocionado, pai de Nando agradece grupo de doadores que foi a Jaú
Anunciante

Muita emoção marcou o dia de doação de sangue ao pequeno Fernando, o Nando, de dois anos e dez meses, neste sábado (11), quando 30 pessoas de Araçatuba se deslocaram até Jaú, onde o garotinho está internado, desde o dia 15 de outubro, no Hospital Amaral Carvalho, para tratamento de leucemia.

Nando foi diagnosticado com a mesma doença que o seu irmão gêmeo, Matheus, que faleceu em julho deste ano. Submetido à quimioterapia, o pequeno guerreiro está com as plaquetas baixas, por isso precisa de sangue.

O grupo decidiu ir a Jaú, após saber que as doações realizadas em Araçatuba não chegavam ao garotinho. Uma nova ida à cidade está programada para o dia oito de dezembro.

Neste sábado, o grupo foi recebido pelo pai de Nando, Edson Souza, que agradeceu o ato de solidariedade. Todos vestiam camiseta branca com a foto do garotinho estampada e os dizeres: "Ame o Nando". 

“Vocês estão aqui salvando várias vidas. Isso é amor. A gente agradece muito e que Deus abençoe a família de cada um de vocês”, disse, ao receber uma camiseta de presente do grupo.

Edson Souza falou também da importância de se cadastrar como doador de medula óssea. “Às vezes, você não vai salvar necessariamente o Nando, ao se cadastrar, mas pode ajudar a salvar alguém que está do outro lado do mundo”, ressaltou.

A mãe, Kátia Souza, que estava com Nando no quarto, não chegou a se encontrar com o grupo, mas ficou muito sensibilizada e enviou mensagens de gratidão. “Vocês não nos conhecem, mas mesmo assim, escolheram amar o Nando”, afirmou.

Para uma das organizadoras da caravana, a doméstica Marli Borges, 44, foi um momento único. “Todos se emocionaram. Não tem nada mais gratificante do que ajudar quem precisa e nós vamos continuar ajudando para que o Nando possa se curar”.

A ideia, segundo ela, é não só estimular a doação de sangue, mas fazer uma grande mobilização para o cadastro de doadores de medula óssea. “Precisamos conscientizar as pessoas da importância disso”, ressaltou.

O grupo saiu de Araçatuba por volta das 6h20 deste sábado. Em Jaú, segundo Marli, até os médicos e funcionários do hemonúcleo do Amaral Carvalho se emocionaram com a iniciativa dos doadores.

Ao chegar ao hospital, um grupo de dez pessoas, de Jaú, também estava doando sangue em nome do Nando.

SERVIÇO

Uma nova ida a Jaú está programada para o dia oito de dezembro. Os interessados em integrar o grupo devem entrar em contato com a Marli pelo telefone (18) 99139-3994 (whatsapp).


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.