ARAÇATUBA | 19 OUTUBRO
| 1:39 | 20° MIN 30°MAX |
Pancadas de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Em Birigui, Salmeirão herda dívida de R$ 45 milhões de tucano
Anunciante
Com praticamente a metade da população de Araçatuba - cidade que foi assumida esta semana pelo prefeito Dilador Borges (PSDB) com uma dívida estimada em R$ 30 milhões e um caixa de pouco mais de R$ 3,25 milhões -, Birigui é, seguramente, um dos municípios com as piores condições financeiras da região.

De acordo com informação divulgada nesta sexta-feira (PF) pela prefeitura, o novo chefe do Executivo, Cristiano Salmeirão (PSDB), herdou do antigo prefeito, Pedro Bernabé (PSDB), uma dívida da ordem de R$ 45.755.987,99 milhões. E para piorar a situação, a receita em caixa é de apenas R$ 2.119.377,76 milhões.

Os números foram levantados a pedido de Salmeirão, que trabalha em busca de soluções para o pagamento de dívidas de curto prazo. "Fiz questão de divulgar os dados para mostrar a real situação do município. Estamos trabalhando para melhorar a situação econômica/financeira da cidade. Isso, consequentemente, irá melhorar a prestação dos serviços à população, fazendo de Birigui a melhor cidade do País para se viver", diz o petebista, não economizando no exagero.

Na lista de dívidas da Prefeitura estão compromissos para pagamentos a curto prazo e despesas fundadas (parcelados a longo prazo feitos por administrações passadas e que estão sendo pagas mensalmente). Não estão incluídos na relação uma confissão de dívida sobre reajuste não aplicado com a empresa Poço Matéria, que distribui parte da págua consumida pelos Araçatubenses e cujo valor ainda está em discussão, além de cerca de 600 ações que versam sobre os servidores.

EXONERAÇÕES

Buscando a economia, e eficiência da administração pública nos próximos quatro anos, algumas medidas serão tomadas. Somente nesta primeira semana de gestão foram exonerados ocupantes de 115 cargos comissionados. Os gastos com os acertos somam R$ 1.150.384,92, sendo que grande parte deste montante é devido a férias acumuladas que os servidores tinham.

Dentre outras ações que serão adotadas nos próximos dias, o prefeito Cristiano Salmeirão alguns cargos, por exemplo, os de secretários adjuntos de Cultura e Turismo e Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentado. Para estas funções já não houve nomeações. O projeto de extinção de cargos da estrutura administrativa será encaminhado em breve para a Câmara Municipal.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.