ARAÇATUBA | 21 JUNHO
| 7:42 | 15° MIN 29°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
FAZER O BEM
Diretor de Dilador chama mulher de Lula, no leito de morte, de 'vaca cornuda'
"DIRETORIA SAFADA...FAZENDO MÉDIA COM UMA VACA CORNUDA". Assim mesmo, em letras garrafais, o diretor do Departamento Jurídico da Secretaria de Assuntos Jurídicos da Prefeitura de Araçatuba, Celso D´Alckmin Filho, nomeado no terceiro dia de administração do prefeito Dilador Borges (PSDB) e da vice Edna Flor (PPS), se manifestou em pleno horário de expediente nesta sexta-feira (03), em seu Facebook, sobre a decisão do hospital Sírio-Libanês em demitir médica que espalhou por redes sociais informações sigilosas sobre a paciente Marisa Letícia, esposa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), que está internada em quadro de morte cerebral após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O infeliz e repugnante comentário do diretor foi feito em um compartilhamento do advogado Valmi Silva, sobre texto publicado pela professora Ayne Salviano, a respeito da demissão. Escreveu ela: "Imagina você estudar muito para passar no vestibular de medicina. Agora imagina você estudar mais ainda para concluir o curso em 6 anos. Depois imagina você estudar absurdamente para ser aprovada na residência médica. Enfim, imagina você ser admitida em um dos hospitais que é referência no mundo. Então imagina, depois de tudo isso, você ser demitida porque faltou na aula de ética, ou não deu atenção ao que o professor ensinou e, pior, não se conteve diante dos vícios do whatsaap".



Ayne, que é uma renomada professora em Araçatuba, fez um alerta a seus alunos sobre como o ser humano não deve se comportar. Na contramão, eis que surge o diretor Jurídico do município - pessoa apadrinhada, nomeada por indicação política e não pelo mérito de ter sido aprovada em concurso público - escrevendo tamanhã asneira sem levar em consideração princípios defendidos, principalmente, por seus superiores. Em especial a vice-prefeitura Edna Flor, que é uma guerreira na luta em defesa dos direitos humanos.

O Política e Mais não vai se deixar levar pelo discurso do "eu quis dizer", que deve ser proferido pelo diretor quando este for questionado por seus superiores. O site cobra de Dilador e Edna o que eles mais disseram durante a campanha eleitoral de 2016, que "Araçatuba Merece Respeito".

Não, a ex-primeira-dama esposa de Lula não está internada em Araçatuba, o fato acontece a quilômetros daqui. No entanto, as palavras do diretor acabam ferindo brutalmente todos os araçatubenses que estão com parentes no leito de morte, ou que lutam a duras penas, dependendo inclusive dos servidos municipais de saúde, que são precários, para sobreviver.



Celso D´Alckmin Filho não tem competência nenhum para dirigir departamento algum. Ele extrapolou os limites da humanização ao expor um ódio partidário que não compactua com o que os atuais governantes estão tentando plantar em Araçatuba.

Dilador e Edna tem por obrigação demitir o diretor em questão, que se mostra desequilibrado emocionalmente e mentalmente, uma vez que seu posicionamento contra uma adversária política que está aguardando o desligar dos aparelhos para partir a um outro plano contraria o que certamente pensa a dupla de governantes.

Araçatuba merece respeito não apenas pelo que acontece aqui. Mas, principalmente, pelo que seus gestores fazem por aí. Em especial aqueles que foram escolhidos "a dedo" para representá-los. Partidarismo à parte, a morte deve ser muito mais que respeitada, deve ser sentida com profunda dor. Coisa que, pelo visto, o diretor jurídico demonstra não ter.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.