ARAÇATUBA | 15 NOVEMBRO
| 8:4 | 22° MIN 31°MAX |
Pancadas de Chuva - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
Anunciante
RELIGIÃO
Diocese de Araçatuba faz 25 anos e inicia comemorações com romaria
Anunciante

A Diocese de Araçatuba completa 25 anos em 2019 e, para marcar a data, uma série de atividades está prevista. A primeira delas é a Romaria Diocesana a Aparecida, que será realizada entre os dias 9 e 10 de novembro. A viagem ao município do Santuário Nacional reunirá o bispo d. Sérgio Krzywy, padres e leigos das 32 paróquias dos 19 municípios da diocese.

Na cidade do Vale do Paraíba, onde foi encontrada a imagem da Padroeira do Brasil, o bispo diocesano presidirá a Santa Missa na Basílica, no sábado (10), às 9h, a qual será televisionada pela TV Aparecida e pela Redevida, na rede aberta. A cerimônia marca o anúncio público do Jubileu de Prata, que se estenderá por diversas atividades e missas até o dia 09 de novembro de 2019.

A Romaria Diocesana conta com 51 ônibus de todas as cidades da diocese. Juntamente com os leigos irão 21 sacerdotes. “A abertura pública do jubileu ocorrerá com a nossa tradicional romaria ao Santuário Nacional. Além dos ônibus que levarão os representantes da nossa diocese, o anúncio da abertura do jubileu se dará em todas as paróquias. Todos estão conclamados a participarem deste momento importante. Desde já contamos com as orações de todos para que esse tempo seja fecundo”, explica o bispo diocesano.

O JUBILEU

Além da abertura, o Jubileu de Prata conta com atividades em níveis paroquiais, regionais e especialmente em nível diocesano. Além da romaria diocesana, estão agendadas mais três missas solene para 2019: no dia 23 de março, na Catedral Nossa Senhora Aparecida, às 10h, será a celebração em louvor ao aniversário de criação da Diocese de Araçatuba; já no dia 29 de maio, no mesmo local, mas dessa vez às 19h30, ocorrerá a Santa Missa de aniversário da instalação  da diocese.

O encerramento oficial se dará em 9 de novembro de 2019, às 17h, com uma missa no Ginásio de Esportes Plácido Rocha, em Araçatuba. O tema do Jubileu é “um só rebanho e um só pastor”.

 A HISTÓRIA

A Diocese de Araçatuba foi criada em 23 de março de 1994, desmembrada da Diocese de Lins, a qual foi criada em 1926. Passaram a fazer parte da nova diocese a cidade-sede Araçatuba, Andradina, Bento de Abreu, Birigui, Bilac, Brejo Alegre, Coroados, Castilho, Gabriel Monteiro, Guaraçaí, Guararapes, Lavínia, Mirandópolis, Murutinga do Sul, Nova Independência, Piacatu, Rubiácea, Santópolis do Aguapeí e Valparaíso. 

BISPOS

No dia 29 de maio de 1994, em Santa Missa presidida pelo Núncio Apóstolico no Brasil, d. Alfio Rapisarda, foi instalada oficialmente a Diocese de Araçatuba, tendo como padroeira Nossa Senhora Aparecida. O primeiro bispo nomeado foi d. José Carlos Castanho de Almeida, transferido da Diocese de Itumbiara (GO) e que liderou a então nova igreja doméstica até 17 de setembro de 2003, quando apresentou pedido de renúncia por idade.

Enquanto a diocese estava vacante, foi nomeado, em 06 de outubro de 2003, o então bispo coadjutor da Diocese de Assis, d. Maurício Grotto de Camargo, que atuou como administrador apostólico até 28 de agosto de 2004.

O atual bispo, d. Sérgio Krzywy, assumiu como o segundo bispo local em 28 de agosto de 2004, permanecendo até os dias atuais. A Diocese de Araçatuba pertence à Província Eclesiástica da Arquidiocese de Botucatu, atendendo uma população estimada em 502 mil pessoas.

 

 

 

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.