ARAÇATUBA | 12 NOVEMBRO
| 22:54|
CIDADES
Anunciante
Dia de Finados é marcado por celebrações nos cemitérios e paróquias
Anunciante

O Dia de Finados, celebrado nesta sexta-feira (2),  será marcado por missas em memória aos entes queridos na maioria das 12 paróquias da cidade. A programação foi feita exclusivamente pelas comunidades, as quais também celebrarão nos cemitérios araçatubenses.

A primeira missa do dia será no Cemitério da Saudade , às 7h30. Considerado o mais tradicional local de sepultamento no município, a missa será na capela instalada no cemitério e será presidida pelo padre Amauri Ferreira.  

PROCISSÃO

Às 8h, ocorre a Santa Missa no cemitério Recanto de Paz, no bairro Rosele, o maior de Araçatuba. Lá, quem preside é o padre Rodney Mendes, pároco da Paróquia São Sebastião, que é responsável pela região onde se localiza o cemitério.

Antes da celebração, haverá uma procissão que sairá da Capela Imaculado Coração de Maria, localizada na Rua Wandenkolk, 3.126, até o cemitério, que fica na mesma via.

No cemitério Jardim da Luz, localizado na zona norte da cidade, a missa está marcada para as 9h. A celebração será presidida pelo padre Fernando Mazula, da Paróquia Imaculado Coração de Maria.

Diversas paróquias da cidade também realizam suas celebrações (Confira a programação abaixo).

A DATA

O padre Orivaldo Pereira Filho, pároco da Paróquia Senhor Bom Jesus da Lapa, de Araçatuba, afirma que a Igreja pede plena oração e renovação da fé na ressurreição no dia dedicado aos fiéis defuntos.

“Conforme nos ensina a Igreja, para quem crê, a vida não nos é tirada, mas é transformada. Desfeito nosso corpo mortal, é nos dado um corpo incorruptível. Portanto, recordar em missas os fiéis defuntos é recordar o sentido mais profundo desta vida para a Eternidade, é profetizar a ressurreição. Cremos na ressurreição. Portanto, para nós, a morte não é a última palavra, pois, tal como nos ensina o livro da Sabedoria, o justo vive pela fé e para a ressurreição”, explica.

Pereira Filho ainda diz que o cristão deve compreender o cemitério como um campo sagrado. “Citando o Apóstolo Paulo: Se não acreditamos na Ressurreição, vã é a nossa fé. O cemitério, cuja origem se dá na Igreja, é chamado de “local da sementeira”, pois cada pessoa é como uma semente colocada no canteiro para a Eternidade. A forma do sepultar, se fazia como um canteiro de uma horta, pois assim como a horta precisa da semente para germinar, assim significa o cemitério como um campo santo que proporciona a pessoa nascer para a vida eterna”.

O padre reflete que a morte é uma passagem para a vida plena. “Um sentido profundo do Dia de Finados é saber que a morte é uma passagem dessa vida ao repousar e estar totalmente nos braços de Nosso Senhor”, conclui.

 

CONFIRA OS HORÁRIOS DAS MISSAS EM

ALUSÃO  AO DIA DE FINADOS EM ARAÇATUBA

 

NOS CEMITÉRIOS:

Cemitério da Saudade – missa às 7h30 presidida pelo padre Amauri Ferreira

Cemitério Recanto de Paz  (Rosele)- missa às 8h presidida pelo padre Rodney Mendes, da Paróquia São Sebastião

Jardim da Luz – missa às 9h presidida pelo padre Fernando Mazula, da Paróquia Imaculado Coração de Maria

 

NAS PARÓQUIAS:

Paróquia Divino Espírito Santo (Alvorada), às 8h

Paróquia Nossa Senhora de Fátima, às 9h

Paróquia São Francisco e Santa Clara, às 9h e Capela Santo Expedito (Hilda Mandarino), às 19h30.

Paróquia Senhor Bom Jesus da Lapa, às 10h

Catedral Nossa Senhora Aparecida, às 17h

Sant’Ana: dia 1º (Capela São Geraldo, às 20h) e na paróquia dia 2, às 19h.

Santuário Paróquia São João Batista e São Judas Tadeu, às 19h30

Paróquia São Francisco de Assis (Guanabara), às 20h.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.