ARAÇATUBA | 21 JUNHO
| 20:52 | 15° MIN 29°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
ECONOMIA
DESENVOLVIMENTO: Birigui cria plataforma estratégica visando alcançar meta de R$ 5,6 bilhões em investimentos até 2019
"O empresário de Birigui não se aposenta, ele empreende a vida inteira". Com esta frase, o decano Jamil Buchalla, no alto de seus 82 anos, resumiu a capacidade empreendedora e incansável do homem de negócios da Cidade Pérola, que não se limita à produção de calçados, mas avança nos variados segmentos da economia, do setor imobiliário ao de serviços; do setor energético ao automobilismo; da alimentação à infraestrutura.

Buchalla foi um dos participantes do 1° Café Empresarial realizado pela Prefeitura de Birigui em parceria com o setor privado e entidades, na última quinta-feira (15), no Sinbi (Sindicato da Indústria do Calçado e Vestuário de Birigui). O evento reuniu 400 pessoas, entre empresários, representantes do setor público, imprensa e autoridades.

À frente da JCV Empreendimentos Imobiliários, Buchalla, que atua no mundo dos negócios há mais de 50 anos, deverá ajudar a incrementar a meta lançada por Birigui de ampliar a atração de investimentos nos próximos anos, já que a JCV deverá lançar, até o final de 2018, entre quatro ou cinco loteamentos na cidade.

Com um volume de negócios de R$ 2,8 bilhões nos últimos dois anos, Birigui se prepara para dobrar este montante e diversificar os investimentos no município, por meio de uma plataforma de desenvolvimento estratégico que tem como objetivo não só a atração de novos negócios, mas a garantia de infraestrutura para a concretização destes empreendimentos, de acordo com suas demandas.

Prova disso foi a assinatura do protocolo de intenções entre a Gás Brasiliano, empresa de distribuição de gás natural canalizado, e a Prefeitura de Birigui. A empresa estuda estender a tubulação existente em Araçatuba para que o gás chegue até a capital nacional do calçado infantil, possibilitando uma nova fonte de energia para a cidade. O documento foi assinado pelo diretor técnico comercial da Gás Brasiliano, Paulo Virgínio Teixeira de Lucena, e o prefeito Cristiano Salmeirão (PTB), durante o Café Empresarial.



A ferramenta apresentada durante o evento foi batizada de "Plataforma Municipal de Desenvolvimento Estratégico Birigui 2020" e contempla a solução de demandas da iniciativa privada para estimular novos investimentos; a ampliação das cadeias produtivas existentes na cidade; a apresentação do potencial de negócios e oportunidades disponíveis para investidores e a integração urbana Birigui-Araçatuba.

Esta integração, inclusive, já é uma realidade, haja vista os empreendimentos imobiliários entre os dois municípios, e o recém-instalado kartódromo internacional Speed Park, localizado no km 524 da Rodovia Marechal Rondon. O Speed Park vai atrair competições nacionais e internacionais, além de estimular o kart amador e a gastronomia, já que o espaço possui um restaurante com comida brasileira e japonesa, além de varanda gourmet e rock bar, segundo o empresário Ricardo Gracia.

O complexo de lazer e esporte terá capacidade para receber 2 mil pessoas por dia, levando em conta a rotatividade, e já está aquecendo outros setores da economia, como a rede hoteleira da região, que já está praticamente lotada com os convidados que virão para a inauguração, na próxima semana.

PLATAFORMA

Com esta plataforma de desenvolvimento lançada durante o Café Empresarial, a ideia é dobrar o volume de investimentos recebidos nos últimos dois anos, chegando aos R$ 5,6 bilhões até 2019. "Pretendemos fazer isso por meio dos incentivos que foram criados pelo poder público, com o novo distrito industrial e com a qualificação da informação que teremos em mãos para os investidores", afirma o assessor executivo da Secretaria Municipal de Gabinete, Carlos Farias.

Durante o evento, foi apresentado um resumo do cenário de competitividade e de oportunidades existentes na cidade. O potencial de consumo do município passou dos R$ 2,09 bilhões, em 2013, para os R$ 3,06 bilhões em 2017, um aumento de 46%. O volume de exportações também cresceu, atingindo os US$ 37,8 milhões em 2017 ante os US$ 35,3 milhões no ano anterior.

Dos 45 milhões de pares de calçados produzidos anualmente, 6% são exportados. Outros dados apontam incremento na economia local, como o aumento das franquias na cidade. Conforme a ABF (Associação Brasileira de Franchising), o número de franquias saltou das 45, em 2015, para 61, em 2018, um incremento de 35,5%.



"Tivemos também investimentos de lojas de departamentos e supermercados, como o Muffato e o Tonin, além de ampliação de empresas e da própria infraestrutura do município", complementa Farias, destacando que 80% dos negócios movimentados nos últimos anos são do setor imobiliário.

O foco, agora, é diversificar, segundo o assessor executivo da Secretaria Municipal de Gabinete. A ideia é mostrar que Birigui também produz energia solar, equipamentos fotovoltaicos, transformadores e itens do setor aeronáutico. "Isso tudo atrai outros investimentos, inclusive em setores que são terceirizados, elevando a competitividade da cidade", afirma, destacando que a plataforma recém-lançada vai dotar o município de mais infraestrutura, tornando-o condizente com os empreendimentos que já estão acontecendo.

O prefeito Cristiano Salmeirão destacou que Birigui tem capacidade empresarial e comercial de ponta, com mão de obra e infraestrutura de qualidade. "A cidade está hoje entre as melhores do País para se investir, com crescimento acima da média nacional", disse. "Aqui, os investidores encontram um ambiente agradável para o seu negócio e a prefeitura é parceira do empreendedor", completou.

O empresário Rafael Ferreira, da Ferreira Engenharia, tem planos de novos investimentos em Birigui, além do Dueto Pérola, maior empreendimento residencial da cidade, que demandou R$ 100 milhões e está em fase de comercialização. Até 2019, a ideia, segundo ele, é investir montante semelhante em mais um empreendimento residencial no município.

Durante o evento, o prefeito Salmeirão intimou Ferreira (que construiu e gere o Garden Shopping, em Penápolis) a construir um shopping também em Birigui. "Birigui está precisando de um shopping, Ferreira", disse o prefeito, afirmando que o município tem política incentivo para isso. O empresário não descartou a possibilidade, mas por ora, está envolvido com a instalação de um outlet em Olímpia e em outros projetos residenciais em Araçatuba e Penápolis. "Mas a gente sempre está estudando as possibilidades; se surgir uma área para um shopping em Birigui, vamos avaliar também", afirmou. "O poder público de Birigui sempre foi muito parceiro e isso estimula a gente a empreender", finalizou.

VEJA VÍDEO SOBRE BIRIGUI E SUAS PROJEÇÕES DE DESENVOLVIMENTO:

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=_2bmxQl9uDI&feature=youtu.be[/embed]

 
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.