ARAÇATUBA | 12 NOVEMBRO
| 22:9|
CIDADES
Anunciante
FERIDA NO PARTO
Conselho Regional de Medicina vai investigar corte em cabeça de bebê
Anunciante

O Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) vai abrir sindicância para apurar as responsabilidades pela lesão sofrida na cabeça por uma recém-nascida, na Santa Casa de Araçatuba, no dia 27 de agosto. O ferimento fez com que a menina fosse submetida a 25 pontos para fechar o ferimento.

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Extra, do Rio de Janeiro, sobre o caso ocorrido em Araçatuba, o Cremesp informou à repórter Célia Costa que a sindicância é uma etapa preliminar para averiguação dos fatos denunciados, coleta de provas, manifestação escrita e, sempre que necessário, audiência com os envolvidos.

Se durante a fase de sindicância forem constatados indícios de infração ética, que consiste no descumprimento de algum artigo do Código de Ética Médica, passa-se à segunda fase: a instauração do processo ético-profissional. Sem indícios, a denúncia é arquivada e, neste caso, a parte interessada poderá fazer recurso junto ao Conselho Federal de Medicina.

PARTO A FÓRCEPS

A Santa Casa de Araçatuba se manifestou, por meio de nota distribuída à imprensa nesta segunda-feira (22), informando que foi um parto cesáreo em que a bebê estava em posição que impediu a retirada por procedimento manual, sendo necessário o auxílio de um fórceps, equipamento utilizado em circunstâncias que representem risco à vida da gestante e ao bebê.

Ainda de acordo com o comunicado, durante o procedimento ocorreu corte acidental no couro cabeludo da bebê. De imediato a criança passou por exame de tomografia computadorizada que constatou tratar-se de lesão superficial sem trauma e comprometimento do cérebro. Após ter a área atingida suturada, a bebê permaneceu alguns dias internada em observação e para receber medicações para prevenir uma infecção.

Na delegacia, conforme a reportagem do Extra, a mãe da criança declarou que estava com 38 semanas e cinco dias de gestação quando perdeu o tampão mucoso e o líquido amniótico começou a sair. Quando chegou ao hospital, o médico decidiu por uma cesariana. Que terminou com o incidente envolvendo a recém-nascida.

Com reproduções da reportagem de Célia Costa, do Jornal Extra.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.