ARAÇATUBA | 20 AGOSTO
| 3:30 | 15° MIN 30°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Com nove partidos, PSB formaliza aliança com Dilador Borges em disputa à Prefeitura de Araçatuba
Com a presença de representantes de nove partidos, o PSB oficializou no início da noite desta sexta-feira (18), sua aliança com o pré-candidato a prefeito de Araçatuba nas eleições deste ano, Dilador Borges (PSDB). O anúncio contou também com a participação de cinco vereadores.

A aliança entre PSB e PSDB era uma tendência uma vez que o presidente estadual socialista é, hoje, vice-governador de São Paulo, tendo disputado eleição que levou ao Geraldo Alckmin (PSDB) a posto máximo. O PSB, nas duas últimas eleições municipais, esteve ao lado do atual prefeito, Cido Sério (PT). No entanto, diz não ter recebido o reconhecimento devido do atual governo.

A decisão do PSB em se aliar a Dilador fortalece o candidato tucano. Certo de que em se tratando de política tudo é possível, a composição pode atrair outros partidos para o grupo. Além de PSB e PSDB, participaram do anúncio, hoje, o PPS, PP, PRB, PEN, Solidariedade, PPL e PTN.

PSB - DILADOR ANUNCIO 2

Em seu discurso, o coordenador regional do PSB diz que o momento que o país vive exige mudanças na política, na economia e na gestão. Por isso, o partido decidiu seguir as orientações do comando estadual e fortalecer a chapa encabeçada pelo PSB na cidade.

O próprio representante do PSB na Câmara, vereador Rivael Papinha, que até pouco tempo esteve distante de Chinelo, reconheceu junto ao coordenador regional as perdas que o grupo político teve nos últimos anos e considerou que o momento é de apostar em Dilador.

Escolhida para ser a vice-prefeita na chapa do tucano, Edna Flor (PPS) inicialmente se colocou como opção. No entanto, à medida em que os discursos avançaram, o grupo deixou claro que ela é a escolha para ladear Dilador na disputa eleitoral deste ano. Questão apoiada pelos vereadores Carlinhos Santana (Solidariedade), Rosaldo de Oliveira (PRB) e Ermenegildo Nava (PP).

Em seu discurso, Dilador disse que se o PSB tivesse lhe confiado apoio em 2008, ele teria sido eleito na ocasião, uma vez que a diferença entre o tucano e Cido Sério foi inferior a mil votos. O tucano optou por levar o fato do passado como aprendizado e deixou claro que o PSB e todos os partidos que estiverem a seu lado terão importância igual nas eleições deste ano.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.