ARAÇATUBA | 21 JUNHO
| 7:40 | 15° MIN 29°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
GERAL
Coincidência? Perto do tchau, Cido tem 13 ações por improbidade
Não, não é coincidência. Muito provavelmente, é falta de competência, mesmo. Fato é que, até este momento, o prefeito de Araçatuba, Cido Sério (PT), que conta os dias para encerrar seu segundo mandato a frente da Prefeitura, tem contra sua pessoa, na Justiça local, 13 processos por improbidade administrativa (desonestidade com o dinheiro público) movidos pelo Ministério Público.

O número de ações é o mesmo que representa o PT, partido que virou quase um nanico após as eleições deste ano, por conta dos escândalos de corrupção em que se meteu. O número 13, que para muita gente remete a azar, marca de forma vergonhosa a gestão pública de Araçatuba como a do restante do País.

É inegável que alguns gestores do PT fizeram boas coisas enquanto governantes. A gestão do próprio Cido Sério, avaliando friamente, teve pontos positivos para a cidade. No entanto, eles são sobrepostos pela negatividade dos casos que viram escândalos judiciais.

A última ação de improbidade proposta pelo Ministério Público teve ingresso no judiciário no último dia 1ª. É decorrente de descumprimento para melhorias no Ambulatório de Saúde Mental imposta pela Justiça ainda em 2007, antes mesmo de Cido Sério virar prefeito.

Ocorre que o caso foi se arrastando judicialmente e o petista não fez o que deveria. Esta última ação, por conta de multas, tem valor de causa de R$ 6,9 mil. Muito pouco perto de tantos outros processos movidos contra o ilustre comandante da cidade.

No entanto, ela impõe todas as sanções previstas na lei de improbidade: cassação de direitos políticos, proibição de contratar com o Poder Público, obrigação de ressarcimento e pagamento de multa no valor de 100 vezes o seu salário, o que passaria hoje de R$ 2,2 milhões.

Além desta questão, o petista foi processado ao longo de sua gestão por uso de slogan de campanha em sua administração; por publicar revista com feitos próprios e, principalmente, por contratações que, no entendimento do Ministério Público e da Justiça, geraram prejuízos ao município. O caso Avape (Associação para Valorização de Pessoas com deficiências), entidade contratada para atuar nas áreas da Saúde e Assistência Social, é o mais emblemático.

Vale destacar que, dos 13 processos por improbidade iniciados na Justiça de Araçatuba, alguns foram revertidos pelo petista em instâncias superiores e outros ainda aguardam decisões. Pelo visto, o 13 que fez de Cido Sério gestor da cidade que, segundo ele, é a mais bela do mundo, lhe causa hoje uma baita indigestão cujos reflexos irão perdurar por muito tempo ainda.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.