ARAÇATUBA | 19 AGOSTO
| 4:49 | 14° MIN 28°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
VIRANDO SUCATA
Carro que custou R$ 73 mil à Prefeitura 'apodrece' em pátio do CCZ

Um carro de luxo, modelo Renault Fluence, comprado em 2013, de uma concessionária de Franca, ao custo de R$ 76,5 mil, conforme licitação homologada em 30 de maio daquele ano, está “guardado” em um pátio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), sofrendo com as ações do tempo, após sofrer danos em seu motor por conta de um alagamento.

O referido carro, conforme vídeo e foto obtidos pelo Araçatuba e Região, está sem para-choque dianteiro e demais peças frontais do veículo e sofrendo com a ação do tempo, à espera de uma definição da atual administração sobre a viabilidade de consertar o automóvel ou deixá-lo que vire sucata, assim como tantos outros da frota municipal que estão espalhados nos pátios do próprio CCZ ou da Sosp (Secretaria de Obras e Serviços Públicos).

O Araçatuba e Região questionou a Prefeitura sobre a destinação do veículo. Por meio de nota, a informação é de que, hoje, o valor de mercado do carro, pelo seu tempo de uso, é de R$ 42 mil. No entanto, seu conserto está estimado em R$ 25 mil, o que, por lei, segundo o Executivo, pode inviabilizar o reparo do mesmo para que ele volte a integrar a frota municipal, uma vez que, de acordo com o atual governo, o veículo pertence à secretaria de Assistência social.

A Prefeitura informa, em nota enviada ao Araçatuba e Região, que o dano no motor do Renault Fluence ocorreu no dia 27 de novembro, e que o motorista que iria utilizá-lo recebeu autorização de superiores para que desse partida no carro para retirá-lo de uma área alagada, procedimento que veio a danificar o motor do veículo.

Questionada sobre apuração de eventual ilegalidade na ação que resultou no dano de R$ 25 mil no veículo, a Prefeitura, que já abriu várias sindicâncias para apurar “sumiço” de automóveis de sua frota ou mesmo danos propositais em ambulâncias da secretaria de Saúde, a administração municipal afirma que a situação em questão não justifica a abertura de nenhum processo investigatório.

LEIA ÍNTEGRA DA NOTA DA PREFEITURA:

16/05/2018 - O referido veículo não está abandonado. Ele está guardado em local fechado e com guarda. Ele pertence à Assistência Social e estava a serviço desta secretaria. Ele estava estacionado no pátio da Guarda Municipal quando no final de novembro do ano passado uma forte chuva alagou o pátio. No dia 27/11, às 7h20, o motorista autorizado a utilizar o veículo ligou o carro e, por causa das águas da chuva, o motor deste apresentou problema.

Por lei, a Prefeitura só pode investir no conserto de veículos cujo valor não chegue a 60% deste. O referido carro tem valor de mercado de R$ 42 mil e o conserto do motor hoje está orçado em R$ 25 mil, chegando perto do limite que seria de R$ 25,2 mil.

Assim, por prudência, a administração tem buscado um orçamento que seja menor, pois se por acaso depois de abrir o motor aconteça de novos problemas serem localizados, seria impossível pagar o conserto, pois ultrapassaria o limite da lei.

Não foi aberta sindicância, pois o ato não configura os preceitos legais que justifiquem a abertura de tal procedimento.

 

 


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.