ARAÇATUBA | 21 AGOSTO
| 18:30 | 17° MIN 31°MAX |
Predomínio de Sol - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
FAZER O BEM
Câmara abre caminho para uma possível redução de secretarias
Anunciante

A Câmara de Araçatuba deu na sessão desta segunda-feira (03), a primeira após as eleições, aval ao trâmite de projeto na Casa que prevê a redução do número de secretarias na administração municipal. A proposta, que agora terá seu conteúdo avaliado pelos vereadores, prevê um limite de 12 pastas no governo municipal.


De autoria do vereador Ermenegildo Nava (PP), a proposta havia recebido parecer contrário da Comissão de Justiça e Redação. No entanto, por sete votos a quatro, os vereadores entenderam que o projeto deve sim ir à votação em plenário.


Alguns vereadores chegaram a defender a retirada da proposta da pauta de votação, por entenderem que a definição do número de secretarias compete ao Executivo e não ao Legislativo. O presidente da Casa, Cido Saraiva (PMDB), tentou convencer os colegas a deixarem a discussão sobre o número de cadeiras para o próximo prefeito eleito, Dilador Borges (PSDB), decidir o que pretende fazer.


A Comissão de Justiça e Redação é formada pelos vereadores Dr. Jaime (PTB), Gilberto Batata Mantovani (PR) e Rivael Papinha (PSB). Além deles, o vereador Cabo Claudino (PTdoB) votou pela manutenção do parecer contrário. Mas os vereadores Nava, Tieza (PSDB), Edna Flor (PPS), Cláudio Henrique da Silva (PMN), Carlinhos Santana (SD), Beatriz Nogueira (Rede) e Arlindo Araújo (PPS) decidiram derrubar a análise pela ilegalidade da matéria. O projeto deve voltar a ser apreciado nas próximas seções da Câmara.


Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.