ARAÇATUBA | 21 JUNHO
| 7:41 | 15° MIN 29°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
CIDADES
CIDADES
Birigui apura se zika é causa de 3 novos casos de microcefalia
A Secretaria de Saúde de Birigui investiga se três novos casos de bebês do município identificados com microcefalia foram infectados com o vírus da zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Deste total, duas crianças nasceram entre os dias 26 de outubro e 3 de novembro na Santa Casa local. A terceira criança detectada com alteração deverá nascer nos próximos dias.

Das duas crianças nascidas foram colhidos fragmentos da placenta, líquor e sangue do cordão umbilical. Os materiais foram encaminhados para análise no Instituto Adolfo Lutz, que verificará a causa da microcefalia, bem como se há relação com o zika vírus. O mesmo procedimento será adotado assim que o terceiro bebê nascer.

Os bebês nascidos já tiveram alta hospitalar e, a partir de agora, serão acompanhados na Vigilância Epidemiológica, com a médica infectologista, e no Centro de Especialidades Médicas, por uma neuropediatra. Durante a gestação, duas mães fizeram acompanhamento do pré-natal na rede municipal de saúde e uma no AME de Araçatuba.

OUTROS CASOS

Ainda estão em investigação outros quatro casos de microcefalia em bebês nascidos entre os meses de maio a setembro. Os resultados dos exames ainda não foram divulgados pelo Instituto Adolfo Lutz. No entanto, a Secretaria de Saúde sabe que duas mães tiveram zika vírus durante a gestação. Já as outras duas os resultados deram negativo para a doença.

De janeiro até o momento, a Secretaria Municipal de Saúde contabiliza 34 notificações de zika vírus, sendo 13 casos positivos, 14 negativos e sete em investigação. Do total das 34 notificações, seis eram gestantes, sendo que dois casos foram confirmados positivos, dois deram negativos e dois seguem em investigação.

PREVENÇÃO

Os trabalhos preventivos contra o mosquito Aedes aegypti não param em Birigui. Diariamente agentes comunitários de saúde e de combate a endemias estão nas ruas vistoriando imóveis para orientar os moradores e eliminar potenciais criadouros, além de bloqueios com nebulização em áreas em que há casos positivos de dengue.

Desde fevereiro a Secretaria de Saúde tem feito diversos mutirões aos sábados para combater o mosquito. Este mesmo trabalho continua em todos os sábados até dezembro. Promove ainda monitoramento de pontos especiais e estratégicos a cada 15 dias, palestras educativas, eventos públicos de conscientização e treinamentos para funcionários de empresas e indústrias.

Na Educação, os mais de 11 mil alunos da rede municipal de ensino têm sido educados sobre como identificar e eliminar focos do Aedes em suas casas. Além disso, a Prefeitura de Birigui tem feito a limpeza de praças e canteiros de avenidas, além de notificar e multar proprietários de terrenos baldios com mato alto e sujeira.

Informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Birigui.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.