ARAÇATUBA | 19 OUTUBRO
| 17:14 | 20° MIN 30°MAX |
Pancadas de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
ÓPTICA SONORA 9

Boas novas e ótimas vidas musicais a Todos. 
O pensamento começa a escrever a coluna dessa quinzena refletindo sobre a personalidade procurada por tantos profissionais da Arte em suas obras. A marca e essência do trabalho autoral como proposta inovadora de transformação, preservação da tradição das referências de suas raízes e fontes de inspiração. Trago algumas observações sobre as concepções e processos criativos artísticos de trabalhos possuidores de tamanha qualidade musical, instrumentistas experientes, arranjos surpreendentes, sentimentos, emoções e verdades sonoras. Nesse 9º post reverenciaremos alguns da nova geração de artistas que, tanto em tributos e/ou interpretações, quanto em suas próprias canções, seguiram esse referencial e alcançaram o diferencial de qualidade, beleza e originalidade. Na agenda do SESI setembro tem Guilherme Arantes. E uma nostálgica e belíssima canção do Legião Urbana, bastante cabível ao período vigente. Divirta-se !!!

"A minha música é o reflexo da sinceridade", Heitor Villa-Lobos  
                                                             
 

 

Raridade: Festival de Águas Claras – 1975  
O mais próximo que chegamos de ter um Woodstock nacional foi a primeira edição do Festival de Águas Claras, ocorrido na Fazenda Santa Virgínia, na cidade de Iacanga, no interior do Estado de São Paulo, em 1975. Por três dias, cerca de 30 mil pessoas conviveram em harmonia e presenciaram atuações de nomes como o Som Nosso de Cada Dia, Os Mutantes, O Terço, Terreno Baldio, Moto Perpétuo, Grupo Capote, Jorge Mautner e Walter Franco. Essas bandas marcaram o auge do rock progressivo feito no Brasil. http://bileskydiscos.com.br/blog/2017/12/11/20-fatos-marcantes-na-historia-da-musica-brasileira/ 

 

Cantora - Daíra  

Entre várias homenagens ao cantor e compositor Belchior, o trabalho de Daíra se destaca. A cantora iniciou um projeto de releituras de suas canções e saiu em turnê por um ano, lançou Amar e Mudar as Coisas, um álbum com dez faixas do artista e conta com a participação de Rodrigo Garcia no violão e Augusto Feres na guitarra. No link uma pequena demonstração com a música Alucinação É hipnotizante.

https://youtu.be/f3oO_-rqOo4 

 

Compositor - Rubel 

Rubel Brisolla é um cantor e compositor de repertório suave. Ao vivo e no disco Pearl, lançado na internet, ele defende um folk inspirado que, entre outras virtudes, costuma arrancar suspiros instantâneos. Seu prestígio só faz crescer. O artista de 24 anos que jogou seu disco na rede em 2013, ganhou aquelas curtidas dos amigos num primeiro momento, quase esqueceu da música e… estourou. Quando Bate Aquela Saudade, uma das faixas do disco, já angariou mais de 720 000 visualizações no YouTube e anima o clipe que será lançado no Oi Futuro Ipanema.

http:// https://youtu.be/tMWpm_GOLaA 

 

Veteranos - Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci 

Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci gravaram a canção “Dia a Dia, Lado a Lado”, composição conhecida dos encontros ao vivo dos músicos e nunca lançada oficialmente, para celebrar a turnê conjunta no ano de 2016. O videoclipe, dirigido por Eugênio Vieira e Pedro Palhares, mostra cenas dos encontros de Ruiz e Jeneci – circulando por uma cidade num Opala – e os bastidores da gravação da canção. “Essa história só me lembra uma semente alada (…) É algo que a gente plantou há muito tempo e agora está florescendo. Criar essa música veio de um desejo intenso de um colaborar com o trabalho do outro. A canção nasceu, nós a deixamos guardada e agora está desabrochando”, diz Jeneci. MTV - Teco Apple)                  

https://youtu.be/InOxrMW04-Y 

 

Romantismo - Tiê

 
A cantora e compositora paulistana Tiê Gasparinetti Biral  já lançou quatro álbuns de estúdio e é popularmente conhecida pela canção "A Noite", do álbum Esmeraldas (2014). Cursou relações públicas na FAAP e estudou canto em Nova York. Foi modelo da Ford Models e chegou a atuar num comercial dirigido por Fernando Meirelles que foi premiado em Cannes. Foi dona de um Café Brech, onde conheceu o tecladista Dudu Tsuda (Jumbo Elektro) e o compositor Toquinho, com quem gravou sua primeira canção e viajou pelo Brasil e Europa em turnê. Lançou em 2009 seu primeiro álbum intitulado Sweet Jardim que contou com a colaboração solidária de diversos artistas da cena independente de São Paulo.  

https://youtu.be/1Ngn3fZIK2E 

 

Festivaleiros - Paulo Monarco e Dandara
 
O duo Paulo Monarco e Dandara tem uma história vitoriosa pelo caminho dos Festivais de Música Popular Brasileira. Em 2016 lançaram o CD 'Dois Tempos de Um Lugar' que na crítica musical do Estadão, tem o sopro das grandes novidades, é exigente na percepção de sons e poesia e de uma profundidade que parece não acabar mais. A produção é do violonista Swami Jr e do compositor Tó Brandileone. Um bom exemplar de explosão criativa cheia das pretensões de quem chega com a certeza de que tem algo a dizer. A música Contenteza é uma das canções que mais venceu Festivais Brasileiros.

http:// https://youtu.be/dflHLWrH8-U 

 

Música - Teatro dos Vampiros – Legião Urbana  

   
Teatro dos Vampiros foi lançada em 1991 no álbum V. A música foi o grande sucesso, ficando em 27º lugar, entre as 100 músicas mais tocadas no ano. Embora o título da música faça referência à telenovela Vamp, a letra aborda a situação de dificuldade econômica em que o Brasil passava aquela época e que infelizmente hoje continuamos passando. A canção também está presente na coletânea Música para Acampamentos e no  Acústico MTV, ambos lançados em 1992.

https://youtu.be/n7hV31GUuus 

 

Agenda Setembro - SESI Birigui
     
https://pt.calameo.com/read/0040614657aefabad4c58 

 


O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.