ARAÇATUBA | 12 NOVEMBRO
| 23:8|
Haja = Aja

Haja amor para tanto ódio que escorre pelas mãos e bocas dos cidadãos de bem.

Haja lucidez para tanta loucura movida a fanatismo religioso e falta de empatia.

Haja luz para tanta treva nos pensamentos e ações das pessoas neomedievais.

Haja paz para tanta violência onipresente e tanta vontade de se armar.

Haja esperança para tanto desespero, derivado das mortes diárias das minorias.

Haja informação para tanto preconceito disfarçado de liberdade de expressão.

Haja resistência para tantas batalhas que se avizinham num horizonte sinistro.

Haja perdão para tantos amigos e parentes que ignoram os laços fraternos universais.

Haja união para tantas fraturas originadas da desigualdade material e simbólica.

Haja verdade para tantas fake news nas redes virtuais e nas conversas reais.

Haja diversidade para tanta imposição de regras ao comportamento sexual e afetivo.

Haja educação para tanta ignorância que perdura em todos os extratos sociais.

Haja orientação sexual nas escolas para tanta pedofilia e LGBTfobia.

Haja aborto legal para tantas mulheres que morrem em clínicas clandestinas.

Haja Estado Laico para tanta bancada fundamentalista no poder.

Haja feminismo para tantos machistas que não suportam a igualdade de gêneros.

Haja negritude para tantos racistas que não toleram o rico colorido das peles.

Haja descriminalização das drogas para tanto combate perverso ao narcotráfico.

Haja democracia para tantos ataques à soberania popular e à constituição.

Haja pajelança para tantas invasões de terras indígenas e desrespeito à ancestralidade.

Haja arte para tantos dias ordinariamente comuns, tributáveis e truculentos.

Haja saúde para tantos pobres que mal podem contar com o já precário SUS.

Haja trabalho para tantos desempregados e gente à margem do cruel sistema.

Haja distribuição de renda para tanta especulação nas bolsas de valores.

Haja bolsas e cotas para tantas reparações históricas, sociais e econômicas.

Haja reforma agrária para tanto latifúndio improdutivo e terra de grilagem.

Haja ocupação para tantas residências onde não mora ninguém.

Haja saneamento básico para tantas casas cujo esgoto ainda corre a céu aberto.

Haja carnaval de rua para tantas bandas marciais e jantares plutocráticos.

Haja cordel para tanta peleja entre os coroné e os sertanejos do Semiárido.

Haja música de protesto para tanto jabá nas rádios e famosos sem talento.

Haja justiça para tanta teoria do domínio do fato em todas as instâncias do direito.

Haja petróleo para tanta empresa gringa querendo lucrar com o Pré-Sal.

Haja energia renovável para tanto petróleo e queima de carvão.

Haja Cerrado para tanta exploração criminosa do agronegócio.

Haja agricultura familiar e orgânica para tanta liberação de agrotóxico.

Haja Aquífero Guarani para tanta multinacional comprando seu quinhão.

Haja Rio Doce para tanta má-fé e irresponsabilidade das empresas mineradoras.

Haja Marielle Franco para tantos abusos policiais nas comunidades periféricas.

Haja Dorothy Stang para tantos assassinos que anseiam pelo fim da Amazônia.

Haja Maria da Penha para tantos homens covardes que não sabem o que é alteridade.

Haja Darcy Ribeiro para tanta complexidade do povo brasileiro.

Haja Milton Santos para tanto espaço dividido entre todos nós.

Haja Glauber Rocha para tantas lutas contra o Dragão da Maldade.

Haja Paulo Freire para tanto Alexandre Frota, Kim Kataguiri e outros nefastos.

Haja voto para tanta virada neste segundo turno.

Haja ação para tudo isso.

Ajamos todos, já!

Aja!

 


O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.