ARAÇATUBA | 17 DEZEMBRO
| 4:3 | 23° MIN 35°MAX |
Poss. de Panc. de Chuva a Tarde - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Anunciante
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
Aumento salarial e recuo mostram capacidade que políticos de Birigui têm em 'fazer lambança'
Anunciante
Políticos de Birigui protagonizaram esta semana mais uma lambança típica de quem não sabe muito o que faz ou que, quando faz é na base do "Maria vai com as outras" e daí se desespera recua quando há uma repercussão negativa de tal feito perante a população.

Após o prefeito Pedro Bernabé (PSDB) baixar decreto - que diga-se de passagem não tem valor algum, uma vez que a palavra final é da Câmara - sobre o reajuste de quase 40% aprovado esta semana para políticos da cidade, dois parlamentares, Josená Vitorino da Silva (PDT) e Adauto Quirino (PTN) recuaram de votos favoráveis quando da votação do projeto e agora declaram que vão acompanhar a decisão do prefeito.

Com tais posições, o placar que na terça-feira passada fora de 9 a 6 pela majoração, deve reverter para 8 a 7 se levado em consideração o número de vereadores que nesta semana fizeram tamanha lambança em pleno ano de crise econômica e eleição.

CÂMARA DE BIRIGUI - REAJUSTES

O que aconteceu em Birigui é bem parecido com o que tentou fazer a Câmara de Araçatuba pouco tempo atrás, elevando os salários dos vereadores. No entanto, na cidade vizinha, a elevação dos subsídios mensais foi mais escancarada e isso criou revolta popular.

Apesar de tudo, tudo ainda pode acontecer. Isso porque, na votação que foi aprovado o aumento, o vereador Fermino Grosso (DEM), não esteve presente. A assessoria do Legislativo biriguiense já emitiu nota dizendo que o veto de Bernabé não será votado em sessão nesta terça-feira (08), pois os nobres pares têm até 30 dias para apreciarem o documento.

Caso Fermino resolva votar, e pelo aumento dos salários, a batata pode cair no colo do presidente da Casa, Cristiano Salmeirão (PPS), que teria de desempatar. Neste caso, como ele não assinou pela tramitação da proposta, o mais provável é que, caso tenha que entrar em ação, seu voto seja contra a majoração.

É mais um episódio para os vereadores de Birigui levarem em consideração. O ano é eleitoral e o povo mostra intolerância. Mais que isso, que não suporta mais discurso mole de político que gosta de se fazer de esperto diante de um parlamento. Tudo indica que esta lambança dos salários irá fazer com que a Câmara daquela cidade tenha uma considerável renovação para a próxima legislatura.christian louboutin replica shoes cheap cheap louboutins cheap replica christian louboutin
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.