ARAÇATUBA | 24 JUNHO
| 10:1 | 17° MIN 30°MAX |
Parcialmente Nublado - Fonte: CPTEC/INPE
POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO
APDA
Associação processa Prefeitura de Araçatuba para garantir proteção mínima a animais errantes
Presidente da organização não-governamental APDA (Associação de Proteção e Defesa dos Animais), o vereador afastado Rosaldo de Oliveira (PRB) ingressou na Justiça com ação contra a Prefeitura de Araçatuba para que sejam garantidas no município condições mínimas de cuidados a animais errantes.

CAES ERRANTES

De acordo com Rosaldo, a ação pede que o município adote um programa efetivo de castração de cães e gatos, para a diminuição da população destes animais. A APDA ainda pede a criação de um abrigo temporário e que seja abolida a eutanásia no sacrifício de bichos capturados pela Vigilância Sanitária municipal.

"Não é de hoje que Araçatuba não cumpre obrigações mínimas destinadas ao cuidado de animais errantes. Temos muitos cães e gatos vivendo nas ruas por falta de cuidados que evitem a procriação discriminada", diz o presidente da associação.

Rosaldo diz que hoje, um dos principais métodos de controle da população de cães e gatos é a eutanásia - morte por meio de injeção. "Nesse sistema, tem animal saudável sendo sacrificado. Não podemos mais tolerar isso, por este motivo recorremos à Justiça", afirma.
Anunciante
O Araçatuba e Região não se responsabiliza pelas notícias de terceiros.
Entre em contato através do telefone ou whatsapp a seguir e saiba como anunciar aqui
(18) 99774 5888
Copyright © 2018 Política e Mais. Todos os direitos reservados.